Polícia

Bandidos matam repositor de mercadorias a tiros; vítima pode ter sido confundida

Quatro homens são suspeitos de envolvimento no assassinato. O amigo de Pedro, identificado como Luan de Oliveira Saraiva, de idade não informada, também foi alvejado, mas sobreviveu.

Compartilhe:

O repositor de mercadorias de uma rede de supermercados identificado como Pedro Ramos da Cunha, de 30 anos, foi morto com vários tiros na noite de domingo (14) em frente a uma vila de quitinetes localizada na Avenida Clodoaldo da Silva Matias, bairro Novo Horizonte, zona norte de Macapá.

Quatro homens são suspeitos de envolvimento no assassinato. O amigo de Pedro, identificado como Luan de Oliveira Saraiva, de idade não informada, também foi alvejado, mas sobreviveu.

Segundo a polícia, Pedro, Luan e um terceiro homem estavam bebendo no local. Por volta de 22h os suspeitos chegaram já atirando contra as vítimas. Um amigo dos dois homens feridos teria ido ao banheiro e por isso não foi alvejado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte do gerente no local. Luan foi encaminhado para o Hospital de Emergências de Macapá (HEM) onde foi atendido e mantido internado.

Ainda não se sabe a motivação para o ataque. Ainda de acordo com informações da polícia, Pedro não tinha antecedentes criminais e atualmente trabalhava como repositor de mercadorias em um supermercado na zona norte de Macapá. Existe uma possibilidade de que ele tenha sido assassinado por engano. O corpo foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado. A Delegacia Especializada em Crimes Contra Pessoa (Decipe) assumiu as investigações.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *