Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Polícia

Bombeiros estão há 10h tentando controlar incêndio em loja de peças para veículos

O fogo se concentrou, inicialmente, na parte comercial do prédio, no térreo e subsolo, e os bombeiros conseguiram controlar antes que se alastrasse para residências vizinhas.


Fotos: Joelson Palheta/ Águia Drone Imagens Aéreas/DA

Railana Pantoja
Da Redação

 

O Corpo de Bombeiros do Amapá (CBM/AP) registrou na manhã desta terça-feira (3) um incêndio em uma loja de venda de acessórios para veículos, na avenida Padre Júlio, entre Hildemar Maia e Santos Dumont, bairro Santa Rita.

“É uma loja que trabalha com veículos, então tem muito material com combustível. Estamos há mais de 9h tentando encerrar, no entanto, a demora decorre da característica desse tipo de material, o combustível. A causa do incêndio a gente só vai ter a partir da perícia, no final da ocorrência”, explicou o comandante do CBM/AP, coronel Wagner Coelho.

O depósito de materiais da loja fica no subsolo do prédio e foi totalmente perdido.

 

“Além do subsolo, tem a parte da loja no pavimento de cima e ainda a residência do proprietário no segundo pavimento, então toda essa dispersão foi tomada por fuligem ou fogo. Além disso, a estrutura está comprometida, pode vir a desabar, e agora nossa preocupação é essa”, detalhou o coronel.

O fogo se concentrou, inicialmente, na parte comercial do prédio, no térreo e subsolo, e os bombeiros conseguiram controlar antes que se alastrasse para residências vizinhas. Posteriormente, foi necessário evacuar as residências e lojas vizinhas, pois o fogo tomou maiores proporções e houve o início de algumas pequenas explosões no interior da loja.

“Como Defesa Civil, estamos interditando e retirando as pessoas das casas vizinhas, visto que há o risco de alguma parede do prédio cair e atingir essas residências. Amanhã (4) a gente passa por uma nova avaliação para saber se essas pessoas podem voltar ou não para suas casas”, finalizou o coronel Wagner.

Não houve registro de pessoas feridas, apenas danos materiais. Até o fechamento desta reportagem, às 18h, o fogo ainda não havia sido cessado.

*Reportagem em atualização


Comente