Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Polícia

Bope faz simulação de roubo frustrado à transportadora de valores

A simulação é baseada em ataques de grupos criminosos conhecidos como “novo cangaço”, que agem sitiando cidades inteiras, principalmente nas pequenas cidades de todo Brasil.


Na manhã desta sexta-feira (13), o BOPE-AP fez o treinamento com simulação de um roubo frustrado à sede da PROSSEGUR, uma empresa transportadora de valores, localizada na Trav. Raimundo Álvares da Costa, bairro Santa Rita, em Macapá.

Segundo informações do comandante em exercício do Bope, Major Dociel Coelho, o simulado é de um gerenciamento de crise, com grau de alta complexidade, por se tratar de uma transportadora de valores, onde os trabalhadores estão armados com armas de grosso calibre, e, supostamente, 20 pessoas são tomadas de reféns.

Os autores da crise seriam criminosos de altíssima periculosidade, baseado nos grupos vulgarmente denominados “novo cangaço”, que agem sitiando cidades inteiras, principalmente nas pequenas cidades de todo Brasil.

“Na simulação de hoje (13), duas pessoas foram alvejadas no início da ação criminosa e morreram no local da ocorrência, o que deixou ainda mais nervosos os supostos assaltantes. As negociações com os negociadores não fluíram como de costume, aí precisamos contar com a ação do grupo tático, que invade o ambiente, usando recursos mais enérgicos, para neutralizar os criminosos e resgatar os reféns. É importante ressaltar que algumas vítimas eram trabalhadores da empresa que não foram comunicados previamente, o que deixou a simulação o mais real possível”, disse o comandante em exercício.

O major garantiu que “para não sermos surpreendidos por criminosos, faremos outras simulações sempre aprimorando nosso modo de atuação contra o crime”, finalizou.


Comente