Polícia

Cambista é executado a tiros no Centro de Macapá

Vítima, de 37 anos, foi atingida com três tiros no interior de uma assistência técnica de aparelhos celulares no Centro da capital

Compartilhe:
Sargento diz que suspeitos estavam de moto

O cambista Gibson Góes Aguiar, de 37 anos, foi executado com três tiros na tarde desta terça-feira (11) no interior de uma assistência técnica de aparelhos celulares localizada na rua Tiradentes, Centro da capital. Dois homens chegaram ao local por volta de 17h em uma motocicleta.
De acordo com o sargento W. Dias, do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) testemunhas relataram que o carona do veículo desceu já sem o capacete, foi ao interior da loja e efetuou três disparos à queima-roupa.

“A vítima havia chegado ao local na companhia de um primo. No momento dos disparos ele ainda jogou uma impressora contra o atirador, mas depois caiu. As pessoas carregaram ele para fora da loja no sentido de tentar levá-lo ao hospital, mas ele não resistiu. A numeração da placa da motocicleta foi anotada, mas os números não batem. Não se sabe ainda a motivação, mas o assassinato tem características claras de execução”, disse o sargento.

Gibson Góes era muito conhecido por vender ingressos de shows e abadas em frente a boates de Macapá, principalmente, durante o período carnavalesco. A Polícia Técnico-Científica (Politec) foi acionada para remover o corpo do cambista ao Departamento de Medicina Legal (DML) para ser necropsiado.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *