Polícia

Colisão entre moto e pick-up deixa estudante morto na Rodovia Duca Serra

Testemunhas afirmam que condutor dirigia em alta velocidade e fazia ultrapassagens no acostamento da pista quando atingiu a motocicleta, que trafegava em sentido contrário.

Compartilhe:

Um grave acidente de trânsito matou o estudante Jovan de Almeida Pacheco, de 39 anos, na noite desta quarta-feira na Rodovia Duca Serra, que liga os municípios de Santana e Macapá. Segundo apurou o Diário do Amapá, uma caminhonete marca Hilux, que trafegava no sentido Macapá-Santana em alta velocidade, fazia ultrapassagens perigosas no acostamento da pista e acabou colidindo de frente com a moto, que estava no sentido inverso. O condutor morreu no local.

De acordo com testemunhas, o estudante, que também trabalhava como mototaxista em Santana, dirigia-se ao Centro Educacional Profissionalizante Maria Salomé, no Distrito Industrial, onde estava concluindo o curso de eletrotécnica. “Na hora que o motoqueiro ia dobrar acabou atingido pela caminhonete, que trafegava numa velocidade muito alta e fazia ultrapassagens perigosas no acostamento”, relatou uma testemunha, que não se identificou.

Outra testemunha, que passava pelo local conduzindo uma moto no momento do acidente, e também não se identificou para a reportagem, confirmou essa versão: “Eu ia passando e tudo aconteceu muito rápido, numa fração de segundo; inclusive eu conversei com um senhor que estava em um ônibus e ele disse que a Hilux vinha ultrapassando todo mundo, inclusive ultrapassou uma carreta, e quando o motoqueiro fez sinal para dobrar foi atingido e teve essa morte horrível”.

Outra versão

O motorista da caminhonete fugiu logo após o acidente, mas a caminhonete permaneceu no local. Um homem que estava no veículo, que se recusou a revelar o nome, também falou com a reportagem, mas apresentou outra versão: “Quando eu vi a Hilux bateu de frente com a moto, que estava na contramão, e o motorista, embora não estivesse em alta velocidade, não teve como fazer nada; logo após ele ainda tentou socorrer o rapaz da moto, mas chegou outro razão tentando bater nele, por isso ele fugiu, mas vai se apresentar no Ciosp”.

Comandante de uma equipe do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), que atendeu a ocorrência, a tenente Ana Gabriela explicou que ao chegar ao local constatou que o motoqueiro já estava morto. “O que foi informado por populares é que houve uma colisão frontal entre a Hilux e a moto, e infelizmente o motoqueiro foi a óbito e o condutor da Hilux evadiu do local, mas amigos dele informaram que o mesmo iria se apresentar ao Ciosp do Pacoval. Fizemos o isolamento do local e estamos acompanhando o trabalho da perícia, que por certo vai identificar a causa do acidente”.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *