Polícia

Condenado por roubo é preso e tenta subornar policiais civis

Caso ocorreu no município de Laranjal do Jari, região Sul do Amapá. Homem, que não teve a identidade revelada, havia sido condenado a 5 anos e 2 meses de cadeia por roubo. Ele tentou subornar policiais durante cumprimento de mandado de prisão.

Compartilhe:

Um homem, de 24 anos, foi alvo de um mandado de prisão de execução penal na sede do município de Laranjal do Jari, na região Sul do Amapá. Ele não teve a identidade divulgada pela polícia, mas foi informado que o alvo do mandado havia sido condenado a 5 anos e 2 meses de prisão pelo crime de roubo (Art.157).

Segundo o delegado Rômulo Viégas, da 1ª Delegacia de Polícia Civil (1ª DP), a polícia estava no encalço do foragido há algum tempo, mas ele sempre migrava de uma região para outra, sem domicílio certo. Uma denúncia anônima levou os policiais até uma pousada da cidade. Ao ser abordado, o assaltante tentou subornar o delegado para deixá-lo escapar.

“Já estávamos tentando capturá-lo, mas ele estava se escondendo. Então, após essa denúncia, demos cumprimento ao mandado de prisão de execução penal, cuja condenação foi de 5 anos, 2 meses e 10 dias. Além disso, ele foi preso em flagrante por corrupção ativa, pois ofereceu vantagem indevida a mim e minha equipe”, explicou o delegado.

Após a prisão o condenado foi levado à delegacia onde sua prisão foi comunicada ao judiciário. Ele seria encaminhado para Macapá onde faria exame de corpo delito na Polícia Técnico-Científica (Politec) antes de ser transferido para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) para início do cumprimento da pena.

Imagem: Divulgação/PC

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *