Polícia

Criminosos são presos após fazerem duas mulheres reféns no bairro Santa Rita

Grupo estava próximo a um mercantil quando foi avistado pela equipe do 6º BPM em atitude suspeita. Com eles foram apreendidas duas armas de fogo e um carro roubado.

Compartilhe:

Dois homens identificados como Anderson Santos dos Santos, de 19 anos, e Edinilton Lobato da Silva, de 29 anos, foram presos na madrugada desta segunda-feira (23) após fazerem duas mulheres reféns no bairro Santa Rita. Um adolescente, de 15 anos, que estava com a dupla, foi apreendido. Com eles foram encontrados uma pistola calibre 380 e um revólver calibre 38.

Por volta de 1h da madrugada, policiais do 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) que faziam o patrulhamento pela rua Paraná avistaram quatro homens suspeitos próximo a um Gol, de cor vermelho, que estava estacionado próximo a um mercantil 24 horas.

Os militares desconfiaram do grupo e ao fazerem o retorno os suspeitos correram, sendo que um deles escapou e os outros três entraram em um Corsa, de cor prata, que também estava em frente ao mercantil, onde o motorista havia descido. Duas mulheres que aguardavam no interior do veículo foram feitas reféns.

Unidades do Batalhão de Força Tática (BFT) e Batalhão de Operações Especiais (Bope) foram acionadas. Logo foi descoberto que o carro dos suspeitos era roubado. “Esse veículo foi roubado no mês passado, na zona oeste de Macapá. A cor original dele é preto, mas os criminosos haviam envelopado na cor vermelho e clonado a placa de outro veículo. Já tínhamos informações que esse carro vinha sendo usado em várias ações criminosas”, explicou o major Kleber Silva, comandante do Bope.

A negociação durou mais de três horas até que as vítimas fossem libertadas e os criminosos se rendessem. Anderson já tem passagem pelo Iapen por tráfico de drogas e roubo. Edinilton cumpria pena no regime aberto domiciliar. O adolescente havia saído recentemente do Cesein, onde cumpria medida socioeducativa por ato infracional análogo ao crime de roubo. Todos são faccionados, segundo a polícia.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *