Polícia

Decon-AP deflagra operação contra falsa venda de consórcio; seis pessoas foram presas

Além do Amapá, empresa teria aplicado golpes em consumidores de outros estados do país. Seis pessoas foram presas na quinta-feira (14) em Macapá (AP), Rio de Janeiro (RJ) e Vitória (ES).

Compartilhe:

Elden Carlos
Editor-chefe

 

A Delegacia do Consumidor (Decon), da Polícia Civil do Amapá, deflagrou nesta quinta-feira (14) a operação Mercadores de Ilusões, que investiga uma empresa de consórcios acusada da venda de falsas cartas de créditos para pessoas em vários estados.


Foram cumpridos seis mandados de prisão, sendo dois em Macapá (AP), três na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e um no município de Vitória (ES). Também houve execução de cinco mandados de busca e apreensão. Mídias e documentos foram apreendidos.

As investigações apontam que as vítimas eram aliciadas por consultores da empresa Multimarcas Consórcios que, de forma fraudulenta, oferecia cartas de crédito para aquisição de imóveis, veículos e outros bens. Na verdade, segundo a Decon, tudo não passava de um golpe.

A polícia identificou pelo menos 26 vítimas somente no Amapá. O prejuízo dessas pessoas ultrapassa a cifra dos R$ 170 mil. Também existem indícios de outras vítimas em estados como: Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia, Piauí, Minas Gerais e Rondônia. A Justiça determinou imediato bloqueio de R$ 500 mil da empresa. Objetivo é assegurar ressarcimento dos valores pagos pelas vítimas do golpe.

Imagens: Divulgação/PC

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *