Polícia

Dupla de assaltantes morre em confronto com a Rotam

Criminosos estavam cometendo assaltos na zona Norte de Macapá e em um deles acabaram matando um lavador de carro. Depois, durante confronto com a Rotam, acabaram mortos.

Compartilhe:

Elden Carlos
Editor-chefe

 

Dois homens acusados de matar a tiros um lavador de carros na noite de segunda-feira (19) no bairro Brasil Novo, zona Norte de Macapá, acabaram mortos durante confronto com policiais da Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam). Diogo dos Santos Anjos trabalhava em uma lavagem de veículos no bairro Santa Rita, zona Sul da capital.


Ele havia saído do trabalho e seguiu de ônibus para o bairro Brasil Novo, onde residia. Na descida do coletivo ele foi abordado por dois suspeitos que estavam em uma motocicleta. Testemunhas disseram que Diogo resistiu, sendo ferido a tiros. A dupla fugiu levando a pochete da vítima. O rapaz foi socorrido por meios próprios e encaminhado ao Hospital de Emergências (HE), mas não resistiu.

 

De acordo com o capitão Valdir Barbosa, do Batalhão de Operações Especiais (Bope), após o crime a dupla ainda cometeu outro roubo no bairro Açaí. “Eles haviam cometido esses dois roubos, sendo que em um deles ouve a morte da vítima. O Ciodes repassou a ocorrência e quando uma equipe de Rotam estava em deslocamento próximo ao 2º Batalhão de Polícia Militar, avistou os suspeitos. Houve uma tentativa de abordagem, mas a dupla fugiu em disparada na motocicleta. Eles entraram no bairro Infraero I e na Avenida Chico Mendes os assaltantes abandonaram a moto e tentaram fazer o proprietário de uma borracharia e o filho dele reféns, mas as vítimas revidaram”, disse o capitão.

Durante a ação o filho do proprietário acabou alvejado de raspão. “Os policiais desembarcaram e foram recebidos a tiros. No revide os assaltantes acabaram feridos. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e o Corpo de Bombeiros foram acionados. O rapaz ferido foi levado ao Hospital de Emergências e passa bem. Os dois criminosos morreram no local”, complementou.

Com a dupla foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma pistola Ponto 40. Apenas um dos assaltantes foi identificado no local. Henrique Luiz Souza de Almeida, de 18 anos, era investigado por três atos infracionais análogos ao crime de homicídio. Os corpos foram removidos para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para serem necropsiados.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *