Polícia

Dupla é presa pelo Força Tática após roubos em série e troca de tiros

Caso ocorreu na noite de quinta-feira (29). Bandidos haviam cometido vários assaltos na zona norte. Ao serem interceptados pelo Força Tática, acabaram presos após uma troca de tiros.

Compartilhe:

Elden Carlos
Editor-chefe

 

Dois suspeitos de envolvimento em uma onda de assaltos, na zona norte de Macapá, foram presos na noite de quinta-feira (29) no Centro da capital, depois que o veículo em que eles estavam, um Ford K, de cor prata, foi interceptado pelo Batalhão de Força Tática (BFT).


Segundo o sargento Ivaldo Soares, que comandou as prisões, o Centro Integrado em Operações da Defesa Social (Ciodes) havia repassado, via rádio, que um grupo de criminosos estava cometendo vários assaltos na zona norte.

“Foram repassadas as características dos suspeitos e do veículo em que eles estavam. Durante o patrulhamento pela rodovia Tancredo Neves, na altura da ponte Sérgio Arruda, avistamos o carro suspeito seguindo em alta velocidade no sentido norte/sul. Iniciamos o acompanhamento tático e eles empreenderam fuga, inclusive, furando sinais vermelhos e colocando a vida de outras pessoas em risco. Em determinado momento os criminosos abriram fogo contra a equipe, mas houve o revide”, disse o sargento.

No cruzamento da rua Eliezer Levy com a Avenida Procópio Rola os policiais interceptaram o automóvel depois que o motorista, Ayran Patrick Santana Gibson, de 20 anos, foi alvejado. O comparsa dele foi identificado como Jarny Anderssen Braga Guimarães, de 21 anos.

Após o atendimento médico Patrick foi levado com Jarny para o Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval. Com eles foram apreendidos vários aparelhos celulares, dinheiro e cartões de crédito que seriam das vítimas dos assaltos. A polícia diz que além dos presos havia pelo mais dos bandidos que teriam sido deixado momentos antes no conjunto habitacional Macapaba.

A Delegacia Especializa em Crimes Contra o Patrimônio (DECCP) vai apurar se foram eles os marginais que invadiram uma residência no bairro Brasil Novo, onde um homem foi assassinado com um tiro pelas costas durante um assalto. O crime teria ocorrido cerca de meia hora antes das prisões.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *