Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Polícia

Força-tarefa investiga furto de armas e munições em empresa de segurança privada

Estima-se que cerca de 70 armas de fogo, entre revólveres e espingardas, tenham sido levadas do local.


Jair Zemberg

 

Na manhã desta sexta (27), criminosos invadiram a Padrão Escola de Formação de Vigilância, localizada na avenida Carlos Lins Cortes, bairro Infraero II, zona norte de Macapá, de onde furtaram 70 armas de fogo e munições de três calibres diferentes.

Por volta das 10h48mn ainda de sexta (27), Elido Rodrigues Jardim, de 25 anos, sócio-proprietário da empresa, compareceu na sétima Delegacia de Polícia Civil, no CIOSP do bairro Macapaba, onde registrou o boletim de ocorrência de número 00034890/2022, no qual informou a autoridade de plantão que sua empresa havia sido invadida pelos fundos do prédio, e em seguida arrombaram dois armários, onde supostamente estariam as armas e a munição.

A vítima comunicou à autoridade que os criminosos levaram do interior da empresa: cinco espingardas calibre 12, cinco pistolas, 60 revólveres calibres 38, e farta munição, além de uma quantia considerável de dinheiro em espécie.

O local onde aconteceu o furto foi visitado por policiais civis, policiais militares e também por policiais federais.

Agora seguem as investigações por todas as forças de segurança, no intuito de localizar as armas e identificar e prender os autores do furto.

 

Fotos: PF/AP


Comente