Polícia

Garimpeiro armado é preso em Reserva Extrativista de Pedra Branca

Com o homem foram apreendidas munições, duas espingardas e mantimentos para mais de 30 dias, além de material para garimpagem.

Compartilhe:

Um maranhense, de 54 anos, foi preso nesta quarta-feira (07) na localidade de Porto Alegre, localizada na Reserva Extrativista Brilho de Fogo, em Pedra Branca do Amaparí, distante 180 quilômetros de Macapá. A prisão ocorreu após denúncias de exploração de garimpo ilegal. Com o homem foram apreendidas duas espingardas calibres 12 e 20, farta munição e mantimentos para cerca de 30 dias, além de ferramentas utilizadas na exploração de minério.

A prisão do homem vem reforçar os apelos dos indígenas por mais segurança no local, já que existe forte indício de garimpo ilegal no município. Após a prisão o maranhense foi levado para delegacia do município onde disse que apenas guardava o material para outra pessoa.

Um segundo homem foi à delegacia, acompanhado de um advogado, reivindicar o material apreendido. O delegado local vai apurar o caso. O clima na região ainda é de tensão em razão da morte do cacique Emyra Waiãpi, de 62. A suspeita é de que ele foi assassinado.

 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *