Polícia

Golpistas aliciavam trabalhadores para desmanchar trailers no Centro de Macapá

Objetivo real era furtar os objetos desses trailers que foram alvo dos investigados. Duas pessoas foram indiciadas. Golpes eram aplicados por meio de um site de compra e venda.

Compartilhe:

Duas pessoas foram indiciadas pela Polícia Civil nesta quarta-feira (20) por crimes como fraude processual, arrombamento e furto qualificado. Segundo o delegado Leandro Leite, da 6ª Delegacia de Polícia Civil, os investigados usavam uma rede eletrônica de compra e venda para aliciar pedreiros, carpinteiros e outros profissionais.

De acordo com o presidente do inquérito, os indiciados se passavam por proprietários de lanchonetes no Centro de Macapá e diziam que precisavam desses profissionais para desmanchar os trailers para obedecer a uma suposta determinação da Prefeitura de Macapá que pedia a devolução do espaço público.

“Essas pessoas [profissionais] agiam de boa fé e realizavam o trabalho. Porém, esse serviço geralmente era feito aos feriados e finais de semana. Havia ainda a contratação de transportadores que levavam os objetos de lanchonetes, por exemplo, para locais indicados pelos golpistas”, declarou Leite.

Em um dos casos, câmeras de vídeo flagraram a ação. Objetos como freezers, geladeiras, fornos e outros objetos foram levados para a rampa do Açaí, no bairro Santa Inês, onde seriam vendidos para barqueiros.

Após o indiciamento o delegado afirmou que irá concluir o inquérito e encaminhar o caso para que o Ministério Público do Amapá se pronuncie, ofertando denúncia contra os investigados.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *