Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Polícia

Homem é atraído para a morte no Infraero II

O delegado Luiz Carlos, da Delegacia de Homicídios, disse que familiares de Jhonatan  Dias, de 21 anos, relataram que ele estava sofrendo ameaças de morte.


Elden Carlos
Editor-chefe

Um homem identificado como Jhonatan Rodrigues Dias, de 21 anos, foi executado com pelo menos oito tiros de pistola na noite de domingo (23) no cruzamento da Avenida Cid Borges com a rua Maria Raucilene Passos, bairro Infraero II, zona norte de Macapá. O Centro Integrado em Operações da Defesa Social (Ciodes) registrou a ocorrência às 23h14.

De acordo com o tenente João Gomes, do 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM), moradores da região acionaram a central do batalhão informando sobre disparos de arma de fogo no endereço. “Quando chegamos ao local nos deparamos com a vítima caída ao lado de uma motocicleta. A informação inicial é de que uma mulher havia ligado para esse jovem e marcado um encontro nesse cruzamento. Quando ele chegou na moto, foi surpreendido pelo atirador que estava em uma picape de cor branca. Após os disparos o automóvel deixou a área em alta velocidade”, disse o tenente.

O resgate médico foi acionado e constatou o óbito no local. O delegado Luiz Carlos, da Delegacia de Homicídios, disse que familiares de Jhonatan relataram que ele estava sofrendo ameaças de morte.

“A família da vítima declarou que ela vinha sofrendo ameaças de morte por parte de uma facção. Estamos apurando os detalhes para saber se a execução foi por vingança. O jovem morto tinha passagem por tráfico de drogas (Art.33). Estamos na fase inicial da investigação e nenhuma linha é descartada nesse momento. Está claro que houve uma ‘casinha’ armada pra ele. Agora, vamos tentar identificar a mulher que fez o contato”, declarou.

O corpo de Jhonatan foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg


Comente