Polícia

Homem que dirigia carro roubado é morto ao reagir à prisão

Felipe Monteiro, de 26 anos, reagiu à abordagem policial. Ele estava armado com uma pistola calibre 380 com a qual confrontou os policiais da Rotam.

Compartilhe:

Um homem identificado como Felipe Monteiro do Nascimento, de 26 anos, foi morto na noite de quinta-feira (16) durante uma intervenção da Ronda Ostensiva Tática Motorizada (Rotam), 1ª Companhia do Batalhão de Operações Especiais (Bope), a um veículo na 7ª Avenida do bairro Congós, zona sul de Macapá. Os militares haviam recebido uma denúncia anônima de que um carro modelo Ônix, de cor branco, que vinha servindo para apoio logístico em roubos e até mesmo execução de pessoas, estava naquela área.


Assim que os policiais se aproximaram para interceptar o automóvel, Felipe sacou uma pistola calibre 380 e passou a efetuar disparos. Os militares se abrigaram e revidaram à ação, alvejando o motorista. Ele foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros, mas acabou morrendo antes de chegar ao Hospital de Emergências.

A arma utilizada por Felipe foi apreendida. Durante a vistoria veicular os policiais constataram que tanto a placa quanto o chassis haviam sido adulterados. O carro clonado havia sido roubado em novembro do ano passado de uma locadora da capital.

O corpo foi removido para o Departamento de Medicina Legal (DML) da Polícia Técnico-Científica (Politec) para ser necropsiado. O armamento apreendido foi apresentado no Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval, onde a ocorrência foi registrada.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Um comentário em “Homem que dirigia carro roubado é morto ao reagir à prisão”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *