Polícia

Juíza decreta prisão preventiva de assaltantes presos no residencial Jardim Açucena

Criminosos roubaram R$ 39 mil do funcionário de uma empresa que faria o depósito do dinheiro em uma agência bancária no Centro de Macapá.

Compartilhe:

A juíza Luciana Barros de Camargo, do Núcleo de Garantias da Comarca de Macapá, converteu em preventiva a prisão em flagrante dos assaltantes Jailson Gomes Cardoso, de 21 anos, o ‘Branco’, e José Melo de Souza, de 20 anos, que roubaram na tarde de quarta-feira (18) um malote com R$ 39 mil que era transportado pelo funcionário de uma empresa para depósito em uma agência bancária no início da rua São José, no Centro de Macapá.

 

A prisão preventiva foi decretada durante audiência de custódia no Fórum Desembargador Leal de Mira. A magistrada observou que Jailson reponde em liberdade pelo mesmo crime (Art.157) e que é reincidente na prática. A juíza considerou a gravidade da ação criminosa perpetrada pela dupla.

Eles foram ouvidos em depoimento e depois foram levados para exame de corpo delito na Polícia Técnico-Científica (Politec) antes de serem transferidos para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

A adolescente, de 17 anos, apreendida com a dupla, e que havia sido apresentada na Delegacia Especializada na Investigação de Atos Infracionais (DEIA), foi ouvida em depoimento. A autoridade policial confeccionou um Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) pelo ato infracional análogo ao crime de receptação, já que com ela foi apreendida uma elevada quantia em dinheiro do roubo.

O boletim será encaminhado ao Ministério Público para que faça a representação em desfavor da adolescente que responderá à uma ação socioeducativa.

O caso

Jailson Gomes e José Melo renderam o funcionário da empresa por volta de 15h em frente à agência do Banco do Brasil, localizada no início da rua São José, Centro de Macapá. A vítima havia acabado de descer do carro e seguia para o estabelecimento bancário onde faria o depósito dos valores.

A dupla estava em uma motocicleta que era pilotada por José Melo. Jailson desceu da garupa com um revólver calibre 38 e rendeu o homem de 28 anos. Eles fugiram em seguida. Por volta de 17h a viatura sob comando do cabo PM Patrick Chagas, do Batalhão de Força Tática (BFT), recebeu a denúncia de que dois homens estavam fazendo a partilha de um grande volume de dinheiro no interior de um apartamento localizado no bloco 5, quadra 5, do conjunto habitacional Jardim Açucena.

Na abordagem os policiais prenderam José Melo. Com ele foi apreendido R$ 3 mil. Jailson ‘Branco’, pegou uma adolescente de 17 anos como refém. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) seguiu para o local e assumiu as negociações. Após duas horas o marginal libertou a refém, jogou a arma de fogo e se entregou. A polícia apreendeu com Jailson R$ 2 mil.

Durante o protocolo de gerenciamento de crise, uma policial feminina do Força Tática revistou a menor e encontrou nas vestes dela um grande volume de dinheiro. Segundo a polícia, ela estava com R$ 5,9 mil. A adolescente confessou ser namorada de Jailson e que agiu em comum acordo com o criminoso.

No total a polícia recuperou R$ 10.900. Agora a Polícia Civil vai apurar o que os criminosos fizeram com os outros R$ 20 mil que não foram localizados no apartamento.

Reportagem: Elden Carlos e Jair Zemberg

Fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *