Polícia

Operação intensifica abordagens e patrulhamento no Macapaba

Polícia Militar mobilizou vários batalhões para combater a criminalidade e garantir a segurança da população.

Compartilhe:
Unidade de Policiamento Comunitário recebeu reforço de 25 policiais, que fazem a segurança 24 horas por dia
A Polícia Militar do Amapá (PM/AP) deflagrou essa semana a “Operação Saturação”, intensificando o policiamento e o combate à criminalidade no Conjunto Habitacional Macapaba, na zona norte da capital.

A ação conjunta envolve equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Força Tática, Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE) e as unidades 2º,5º,10º e 14º Batalhões de Policiamento Militar (BPM). O trabalho visa reduzir furtos e roubos, apreender armas, drogas, desmobilizar pontos de tráfico de entorpecentes e circulação de foragidos da Justiça. Quinze policiais e cinco viaturas estão atuando diuturnamente na região, proporcionando segurança e paz social e inibindo a atuação de infratores.

A operação foi planejada com base nos dados estatísticos monitorados e levantamentos realizados por equipes de inteligência com o intuito de desarticular as facções criminosas que têm causado pânico aos moradores do Macapaba. Até o momento já foram realizadas 55 abordagens a suspeitos e uma morte foi registrada após intervenção policial. Na terça-feira, 15, um suspeito de tráfico de drogas morreu depois de entrar em confronto com a polícia. A operação encerra na sexta-feira, 18.

Policiamento 24 horas

A Unidade de Policiamento Comunitário (UPC) que atende o complexo do habitacional Macapaba 1 e 2 também teve aumento na guarnição da base e hoje conta com 25 policiais fazendo a segurança diuturnamente a pé e com ronda em viatura.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *