Polícia

Operação ‘Noite Sangrenta’ prende 5 pessoas no Amapá

Alvos da operação estão envolvidos na guerra entre facções, registrada entre os dias 12 e 13 de setembro, em Macapá, e que deixou um rastro de nove mortes.

Compartilhe:

Elden Carlos
Editor-chefe

 

Cinco integrantes de uma facção criminosa [sendo 3 homens e 2 mulheres] foram presos nesta sexta-feira (16) durante a ‘Operação Noite Sangrenta’, deflagrada pela Delegacia Especializada em Crimes Contra Pessoa (Decipe) que apura a execução de nove pessoas entre os dias 12 e 13 de setembro na capital amapaense, durante uma guerra entre organizações criminosas.

 

Segundo o delegado Wellington Ferraz, titular da especializada, foram expedidos 3 mandados de prisão temporária e 6 de busca e apreensão domiciliar. Os alvos da operação são os executores de Diego Sérgio Santos da Silva, de 22 anos, que foi a quinta vítima dos ataques.

“Concentramos a operação no bairro Jardim Felicidade II, na zona norte, onde essas pessoas foram localizadas. Cumprimos dois dos mandados de prisão temporária e realizamos três prisões em flagrante. Todos têm envolvimento direto com as execuções ocorridas no mês de setembro”, disse o delegado.

Durante as prisões foram apreendidas armas de fogo, R$ 4,5 mil em dinheiro, maconha, crack e cocaína. “Eles vão responder por associação criminosa, tráfico de drogas, homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo. É uma resposta à sociedade e estamos alertas para impedir que pessoas inocentes sejam mortas nessa guerra sangrenta”, disse o delegado.

A operação contou com o apoio da 1ª Delegacia de Polícia da Capital, Núcleo de Operações e Inteligência (NOI), Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) e Divisão de Capturas.

 

Imagens: Divulgação/PC

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *