Polícia

Pai condenado a 14 anos de prisão por estuprar a filha de 11 anos é preso em Santana

Jurandir Dutra, de 46 anos, foi condenado a 14 anos e 6 meses de prisão por estuprar durante mais de um ano sua filha, de 11 anos. Crime ocorreu entre os anos de 2014 e 2015.

Compartilhe:

Agentes da Divisão de Capturas da Polícia Civil (PC) prenderam nesta quinta-feira (28) no município de Santana, distante 17 quilômetros de Macapá, por meio de mandado de prisão de sentença condenatória, Jurandir Garcia Dutra, de 46 anos, que foi condenado a 14 anos e 6 meses de prisão por ter estuprado por mais de um ano sua filha de 11 anos. O crime ocorreu entre os anos de 2014 e 2015.

Segundo denúncia do Ministério Público do Estado (MP-AP), além do estupro, Jurandir também agredia os outros filhos e sua ex-companheira. Narra à denúncia que os abusos só foram revelados pela criança depois que a mãe decidiu se separar do agressor.

Os exames comprovaram o crime. A defesa de Jurandir recorre da sentença. “É um crime gravíssimo e já existe a sentença condenatória. Recebemos o mandado de prisão e fizemos o levantamento necessário para localizá-lo. O encontramos em um condomínio do município de Santana e agora ele vai iniciar o cumprimento da pena, conforme determina a autoridade judicial”, disse o agente Paschoal, da Capturas.

Após passar por exame de corpo delito na Polícia Técnico-Científica (Politec) o condenado foi transferido para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) onde deverá permanecer em uma área de segurança em razão do tipo de crime cometido, já que o castigo para estupradores é severo na prisão.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *