Polícia

PF apreende R$ 33 mil em casa de servidor da RF investigado por recebimento de propina em esquema de corrupção

Servidor público federal, lotado na sede da Receita Federal, em Macapá, estaria recebendo R$ 10 mil, por mês, de um empresário do ramo de material hospitalar.

Compartilhe:

Por Elden Carlos

A Polícia Federal (PF) deflagra na manhã desta sexta-feira (29) a Operação Olet, em Macapá (AP), para cumprir mandados de busca e apreensão e determinar o imediato afastamento de um servidor público federal, lotado na Receita Federal, e que vinha recebendo vantagens indevidas de um empresário do ramo de materiais hospitalares.

Os federais miraram a residência do servidor público federal que teve a ordem de afastamento decretada pelo juízo da 4ª Vara Federal do Amapá. Nas buscas foram apreendidos cerca de R$ 33 mil em espécie.

Segundo a PF, no decorrer das investigações, desmembrada da 1ª fase da Operação Vírus Infectio, foram constatados indícios de pagamento de vantagens indevidas mensais, no valor de R$ 10 mil, por parte de empresário do ramo de materiais hospitalares, ao servidor da Receita Federal, em razão de motivo ainda objeto de apuração criminal.

Os investigados poderão responder, na medida das suas responsabilidades, pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva e integrar organização criminosa, e se condenados poderão cumprir pena de até 20 anos de reclusão.

Imagens: divulgação/PF
 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *