Polícia

PF deflagra operação para investigar favorecimento de decisões no Tjap

Operação Serviço Sério apura possíveis crimes cometidos por agentes públicos e privados em decisões junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (Tjap).

Compartilhe:

Elden Carlos

Editoria de Polícia

 

Polícia Federal (PF) deflagra na manhã desta quarta-feira (10), em Macapá, a ‘Operação Serviço Sério’. O objetivo da operação é obter provas, apreender bens e realizar oitivas simultâneas relacionadas a possíveis crimes cometidos por agentes públicos e privados em decisões junto ao Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (Tjap).

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça – STJ, uma vez que um dos investigados goza de prerrogativa de foro junto àquela Corte Superior. Um dos alvos é o desembargador Manoel Brito, que teve o apartamento – localizado em um condomínio no bairro Santa Rita – revistado pelos agentes federais nas primeiras horas do dia. Os agentes apreenderam vários documentos e mídias que foram levados à Superintendência da PF. O gabinete do desembargador, no Tjap, também foi alvo dos federais.

A Ministra Relatora também determinou a intimação dos envolvidos e a proibição de que mantenham contatos entre si, sob pena de substituição da medida e imposição de outra em cumulação, ou decretação da prisão preventiva, em caso de descumprimento.

A investigação corre sob segredo de justiça.

 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *