Polícia

Polícia prende quadrilha especializada em roubo à residência na Zona Norte de Macapá

Polícia investiga envolvimento de criminosos em pelo menos quatro roubos a residências registrados nas últimas semanas na Zona Norte da capital.

Compartilhe:

Dois homens foram presos e dois menores apreendidos na madrugada desta segunda-feira (9) após terem rendido uma família durante um assalto no bairro Renascer I, zona norte de Macapá. Os criminosos chegaram à residência, localizada na rua Constantinopla, no final da noite de domingo (8).

“Eles invadiram a casa e trancaram o portão, mandando que todo mundo ficasse deitado com o rosto pra baixo. O tempo todo eles perguntavam onde estavam as jóias e dinheiro. Depois, fomos levados para o quarto onde fomos trancados. Eles levaram dinheiro, celulares e outros objetos, além do carro”, disse uma das vítimas.

Já por volta de 1h da madrugada, uma equipe comandada pelo sargento Paulo Roger, do Batalhão de Força Tática (BFT), localizou o automóvel subindo pela avenida Pedro Lazarino, bairro Beirol. Os elementos empreenderam fuga ao avistar a viatura. Houve acompanhamento tático.

A quadrilha foi interceptada no conjunto Jardim Açucena. Com os elementos foi apreendida uma arma de fogo. Parte dos objetos roubados foi recuperado. Os dois maiores foram identificados como Cleiton Audrin Queiroz Rodrigues, de 23 anos, que é foragido da justiça, e Mateus Souza Alves, de 18 anos, o ‘Tchutchucão’, que se assumiu ser o líder do grupo.

Mateus revelou que recebeu as informações sobre o imóvel de um detento preso no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Ele também confessou ter executado, na semana passada, outro assalto à residência no mesmo bairro, quando os bandidos fugiram levando uma picape da família.

“Existem vários crimes com o mesmo ‘modus operandi’ naquela região, e, pelas características repassadas pelas vítimas, pode se tratar do mesmo bando. Felizmente logramos êxito na localização dos elementos que agora estão sendo entregues à polícia judiciária”, afirmou o sargento Paulo Roger.

Entre os menores apreendidos existe uma adolescente de 17 anos. O garoto tem 15 anos. Em áudios extraídos de conversas em redes sociais, o líder do grupo fala sobre outros assaltos executados e como gastou parte do dinheiro desses crimes. Em um dos áudios ele promete à irmã, que no próximo crime vai separar uma ‘corda’ pra ela. Nesse caso, corda significa cordão.

Todos foram apresentados no Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval.

De lá os adolescentes foram transferidos para a Delegacia Especializada na Investigação de Atos Infracionais (DEIAI). Outros membros da quadrilha estão sendo investigados.

Reportagem e fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos: