Polícia

Polícia procura detento condenado a 42 anos de prisão que escapou do Iapen

Diego Mourão, de 24 anos, usou uma ‘tereza’ para escalar o muro dos fundos do presídio e escapar.

Compartilhe:

Cumprindo pena unificada de mais de 42 anos de prisão por crimes como assalto à mão armada, o detento do regime fechado Diego Gonçalves Mourão, de 24 anos, escapou do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) na tarde desta terça-feira (05).

Para a fuga ele usou uma ‘tereza’ (corda feita de amarras de roupas e lençóis. Outro interno, que também tentava escapar, acabou sendo visto pelos agentes e foi contido. O Grupo Tático Aéreo (GTA) auxiliou na buscas ao presidiário que se embrenhou em área de mata do bairro Marabaixo.

Segundo a direção do presídio, Diego escapou no horário em que havia sido liberado para ir à escola São José, que funciona dentro do instituto prisional. Ele era tido como preso de bom comportamento.
Apesar das buscas intensas ele não foi localizado. A polícia pede que qualquer informação sobre a localização do condenado seja repassada por meio de denúncia ao nº 190 do Centro Integrado em Operações da Defesa Social (Ciodes).

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *