Polícia

Preso mais um suspeito de envolvimento na morte do sargento

No carro de Beto Branco foi encontrada a pistola levada do policial no dia do crime


Compartilhe:

 

Suspeito de envolvimento na execução do sargento PM Wanderley Costa Araújo, 46 anos, em dezembro do ano passado, em Santana, distante 17 quilômetros da capital, Macapá, Gilberto Rabelo de Souza, 23 anos, o ‘Beto Branco’, foi preso por homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no bairro Nova Esperança, zona oeste de Macapá.

De acordo com o tenente PM Valdir, que comandou a prisão, o suspeito já vinha sendo monitorado há algumas semanas. Com o suspeito os policiais encontraram quase R$ 6 mil que seriam usados para compra de droga. No carro de Beto Branco foi encontrada a pistola levada do policial no dia do crime. Também foram encontrados no veículo cerca de 300g de pedras de crack.

O elemento foi apresentado inicialmente no Centro Integrado em Operações de Segurança Pública (Ciosp) Pacoval, onde a delegada Elza Nogueira fez o indiciamento pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. O delegado Sandro Torrinha, de Santana, veio à Macapá onde indiciou o suspeito pelo crime de latrocínio. Beto Branco está no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). O elemento é o terceiro homem preso por envolvimento no assassinato do policial militar.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *