Polícia

Prisão revela mercado de motos roubadas no interior do Amapá

Um dos policiais do BPRE afirmou existir um mercado negro de motocicletas naquela região

Compartilhe:

Um homem identificado como Anderson Luiz Souza Valente foi preso por homens do Batalhão de Policiamento Rodoviária Estadual (BPRE) na AP-426, conhecida como ramal do Bacabinha, quando ele trafegava em uma motocicleta adulterada. De acordo com o tenente PM Alves Neto, a suspeita da polícia é de que o veículo seja roubado.

Segundo o oficial, a placa da motocicleta estava sem lacre, e, o pior, a numeração é de um automóvel registrado no Detran de Goiânia (GO). Além de não possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), Luiz não soube explicar a procedência da moto que foi apreendida.
O homem preso foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Amapá para providências legais.

Comércio
Um dos policiais do BPRE afirmou existir um mercado negro de motocicletas naquela região. Criminosos roubam as motos em Macapá e Santana e vendem para colonos que habitam áreas rurais. Como usam apenas para deslocamento entre terrenos e comunidades, dificilmente a polícia consegue identificá-las.

Informações revelam que uma motocicleta de 150cc, por exemplo, que custa em média cerca de R$ 9 mil, podem ser negociadas por R$ 1 mil a R$ 1,5 mil. Esse mercado negro já havia sido alvo de operações da Polícia Civil do Amapá no ano passado.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *