Polícia

Secretário de Saúde de Santana é preso por acusação de assédio sexual; defesa diz se tratar de armação

Francisco do Carmo, de 51 anos, foi acusado por uma enfermeira de assédio sexual. Defesa do secretário diz que ato é uma armação promovida pela mulher após ela ter sido exonerada.

Compartilhe:
Momento em que secretário era apresentado na delegacia

O secretário municipal de Saúde de Santana, Francisco do Carmo Souza de Oliveira, o ‘Griti’, de 51 anos, foi apresentado no início da tarde desta quarta-feira (14) na delegacia de Polícia Civil do município santanense, distante 17 quilômetros da capital, após ter sido acusado pela prática de assédio sexual.


A denunciante é uma enfermeira que foi exonerada do contrato administrativo em que estava trabalhando. Segundo o advogado André Miranda, que atua na defesa do secretário, a mulher teria ido até o gabinete do secretário cobrar explicações sobre a exoneração.

Advogado diz que acusação é falsa comunicação de crime

“Inclusive, havia mais duas pessoas [um homem e uma mulher] no gabinete, e em momento algum houve qualquer tipo de contato físico, muito menos o toque na região dos seios, como ela alega. Após ter sido informada dos fatos, ela deixou o gabinete e somente uma hora depois os policiais chegaram informando que havia o registro dessa denúncia na delegacia e conduziram meu cliente para esclarecimentos. Vamos provar que se trata de uma armação e ingressaremos com uma ação por falsa comunicação de crime”, disse o advogado.


O secretário foi apresentado na delegacia por policiais do Batalhão de Força Tática (BFT). A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que o caso foi apresentado ao delegado plantonista Rafael Paulino, e que somente após a tomada de depoimentos e esclarecimentos dos fatos, de forma concreta, é que ele deve se pronunciar oficialmente.

Reportagem: Elden Carlos e Jair Zemberg
Fotos: Jair Zemberg

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *