Polícia

Seis condenados por crimes contra o patrimônio são presos em operação da Capturas

As prisões ocorreram na manhã desta terça, (03), nos municípios de Macapá e Santana. A justiça havia expedido oito mandados de prisão por sentença condenatória.

Compartilhe:

Elden Carlos
Editor-chefe

 

Seis pessoas foram presas pela Polícia Civil (PC) na manhã de terça-feira (03) nos municípios de Macapá e Santana durante a operação ‘Animus Furandi’, deflagrada pela Divisão de Capturas. De acordo com o delegado Fábio Araújo, o objetivo foi dar cumprimento a oito mandados de prisão de execução penal por crimes como furto, roubo e receptação.

Seis alvos acabaram localizados. “São pessoas que cometeram crimes contra o patrimônio e cujas sentenças condenatórias transitaram em julgado. Recebemos as ordens judiciais e montamos a operação para cumpri-la. Duas pessoas seguem foragidas, mas logo serão localizadas e presas”, disse o delegado.

De acordo com a polícia, na área portuária do município de Santana, região Metropolitana de Macapá, um dos condenados presos estava armado com uma espingarda e munições. Ele vai responder, também, pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Outro alvo da operação estava com a tornozeleira eletrônica rompida e se preparava para fugir do estado pela área portuária santanense.

Após as prisões, os criminosos foram levados para o Centro Integrado em Operações da Segurança Pública (Ciosp) Pacoval, onde o delegado comunicou a captura ao judiciário. Eles passaram por exame de corpo delito na Polícia Técnico-Científica (Politec) antes de serem levados para início de cumprimento de sentença condenatória no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen).

A ação foi batizada como “Animus Furandi” por ser um termo em latim usado para quem tem o dolo de cometer crimes contra o patrimônio.

 

Imagens/ Divulgação/PC

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *