Política Nacional

Após críticas de general, Temer projeta ir ao RJ encontrar interventor

“Muitos enxergam a intervenção de forma errada e que ela não é só militar”

Compartilhe:

Após críticas do general Eduardo Villas Bôas, o presidente Michel Temer (MDB) deve ir ao Rio de Janeiro para encontrar o comandante do Exército. O general falou na semana passada, em Brasília, que “aparentemente” os militares são os únicos a se engajar na intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com Villas Bôas, muitos enxergam a intervenção de forma errada e que ela não é só militar. A fala do general foi lida por um subordinado durante cerimônia do Dia do Soldado, ocorrida no quartel-general do Exército, em Brasília. Temer estava presente na situação.

Segundo a jornalista Andréia Sadi, o encontro entre o presidente e o interventor federal no RJ, Braga Netto, devo ocorrer na próxima quinta-feira (30).

Com a escalada da violência no Rio de Janeiro em fevereiro de 2018, a intervenção foi decretada para conter a criminalidade. Após a medida, a segurança pública no estado passou a ser comandado pelo governo federal, que escolhei o general do Exército Walter Braga Netto.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *