Política Nacional

Presidente Bolsonaro inicia roteiro por países árabes em busca de investimentos, diz Itamaraty

Presidente visitará Emirados Árabes, Bahrein e Catar. Em Dubai, Bolsonaro estará na Expo 2020, um dos maiores eventos realizados desde o início da pandemia.

Compartilhe:

O presidente Jair Bolsonaro embarca nesta sexta-feira (12) para uma viagem de uma semana por Emirados Árabes Unidos (Dubai), Bahrein (Manama) e Catar (Doha), com foco na busca de investimentos dos países do Golfo Pérsico.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores (MRE), a previsão de agenda do presidente, que deve viajar acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, contempla reuniões com governantes locais, encontros com empresários e visitas a feiras e exposições.

De acordo com o embaixador Kenneth Félix da Nóbrega, secretário de Negociações Bilaterais para o Oriente Médio, Europa e África do Itamaraty, a viagem do presidente será uma oportunidade para troca de ideias “em alto nível sobre o cenário pós-pandemia”, o que inclui a alta do petróleo e a transição energética.

Será a segunda viagem de Bolsonaro a países do Oriente Médio que ficam na região do golfo. Em 2019, no primeiro ano de mandato, o presidente esteve na Arábia Saudita (Riad), nos Emirados Árabes (Abu Dhabi) e no Catar (Doha) — veja no vídeo abaixo reportagem sobre a visita aos Emirados.

Mais de dois anos depois, Bolsonaro retorna à região novamente em busca de ampliar a relação comercial com os países árabes, grandes produtores de petróleo e que dispõem de fundos soberanos. A intenção é captar investimentos em áreas como infraestrutura, agronegócios e defesa.

“Nós estamos muito ambiciosos com os Emirados Árabes. Queremos mais investimentos em áreas do nosso interesse, como infraestrutura, por exemplo”, afirmou a jornalistas o diretor do Departamento de Oriente Médio do Itamaraty, embaixador Sidney Leon Romeiro.

 

Emirados

Bolsonaro tem previsão de chegar no sábado (13) a Dubai, nos Emirados Árabes, um dos principais polos econômicos do mundo. Dubai é um dos sete emirados que integram o país, cuja capital é Abu Dhabi.

O presidente ficará em Dubai até terça-feira (16) e tem previsão de encontros com o príncipe herdeiro de Abu Dhabi, Mohamed Bin Zayed Al Nahyan, e o emir de Dubai e primeiro-ministro dos Emirados Árabes, sheik Mohammed Bin Rashid Al Maktoum. Há possibilidade de assinatura de acordos com os Emirados Árabes.
No domingo (14), Bolsonaro deve comparecer à Dubai Air Show, uma feira de aviação civil e militar. Também há previsão de visita a uma unidade da empresa BRF.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *