Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Diário Destaque

“60% da população brasileira não quer Lula e nem Bolsonaro”, diz pré-candidato à presidência em visita ao Amapá

Natural de Goiás, Pablo Marçal tem 35 anos e acumula um patrimônio bilionário e 3,6 milhões de seguidores somados no Instagram e Youtube.


Rodrigo Silva

Da Redação

 

 

O pré-candidato à presidência da República pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS), Pablo Marçal, cumpre agenda no Amapá nesta segunda-feira (20). Ele desembarcou por volta das 10h30 no Aeroporto Internacional de Macapá e foi recepcionado por correligionários e pelo presidente do diretório estadual do partido, o advogado Carlos Lobato.

Natural de Goiás, Pablo Marçal tem 35 anos e acumula um patrimônio bilionário e 3,6 milhões de seguidores somados no Instagram e Youtube. Por conta desses números, ele promove atividades como coach que atraem pessoas de todo o país.

“Eu vejo que as pessoas estão se levantando pra tentar representar a mudança, mas estão todos sendo abatidos pelo caminho. Precisamos dar um basta nos políticos de estimação, é a palavra de ordem que está dentro do coração do brasileiro, mas ele ainda não soltou na boca, ele vai descobrir e vai gritar”, ressaltou Pablo.

Para se lançar como pré-candidato pelo PROS, ele adota um discurso antipolítico, dizendo que não é de esquerda, nem de direita. Defende que o Brasil deveria ser a “maior potência do mundo” e que pretende colocar o país no lugar do crescimento. Seu projeto se chama “O Destravar da Nação”.

“Em relação à Amazônia e ao Amapá, a gente precisa instituir políticas públicas de verdade, aonde o Governo Federal precisa ter pulso firme em relação a isso, pois ainda nos deparamos com muita extração ilegal de madeira, garimpo ilegal e muitas barbáries acontecendo nesta região do país. Se alguém de verdade não olhar pra isso, eu me comprometo, como presidente do Brasil, a cuidar das nossas reservas, atmosfera, solo e dessa floresta que temos invejada pelo mundo inteiro”, prometeu Marçal.

Antes de Macapá, Pablo Marçal esteve em Oiapoque, onde cumpriu agenda. Ele também disse que pretende visitar outros 19 estados até o final da pré-campanha para fechar agenda em todo o país.


Comente