Política

Convenção on-line homologa candidaturas de Capi e Rubem à prefeitura de Macapá

PSB e Rede formam aliança a vão apresentar 61 candidatos na disputa por vagas na câmara municipal

Compartilhe:

Neste domingo (13), o Partido Socialista Brasileiro (PSB) e a Rede Sustentabilidade, que formam a Frente Macapá Solidária, homologaram os nomes de João Capiberibe (PSB), para a prefeitura de Macapá, e do candidato a vice-prefeito Rubem Bemerguy (Rede), além dos 61 candidatos a vereador e vereadora dos dois partidos.

 

João Capiberibe, que já foi prefeito da capital, afirmou sentir-se seguro para administrar Macapá ainda sob os reflexos da pandemia do coronavírus: “quero levar os serviços da prefeitura para todos que precisam, utilizando para isto da tecnologia digital. Vamos democratizar e melhorar a qualidade do atendimento, e através da gestao compartilhada a população vai participar e controlar diretamente todas as obras municipais”.

 

O evento online, que foi transmitido pelo Facebook e pelo Youtube, contou com a presença das lideranças dos dois partidos como o senador Randolfe Rodrigues (Rede), o deputado federal Camilo Capiberibe(PSB), a deputada estadual Cristina Almeida (PSB), a ex-deputada e pré-candidata à vereadora Janete Capiberibe, os vereadores da REDE Sustentabilidade, Professor Rodrigo, Caetano Bentes e André Lima, que irão concorrer à reeleição.

A Frente Macapá Solidária quer mostrar sua força e apelo popular reforçada pela união entre dois grupos políticos distintos para levar Capi e Rubem à prefeitura de Macapá e ajudar a eleger um projeto conectado com as tecnologias digitais e a inovação para a cidade.

 

Para Randolfe Macapá precisa de “mãos honestas, firmes e experientes para superar esse momento difícil” que vive.

 

Para Rubem Bemerguy, que foi procurador-geral do estado e secretário de Educação quando Capiberibe foi governador, o candidato ao PSB representa o novo porque o “novo é sanear as áreas de ressaca. Abraçar e caminhar com os agricultores familiares. É deixar de fazer de conta que a falta emprego e renda não é responsabilidade da prefeitura. Combater a pobreza é o novo. Não permitir que 11% dos jovens e crianças de Macapá fiquem fora da escola. Novo é entregar políticas públicas a quem nunca teve”.

 

 

Outras convenções
Com a garantia da direção nacional de que não haverá intervenção no Amapá, o Partido dos Trabalhadores (PT) realizou convenção municipal neste domingo (13), quando confirmou Marcos Roberto e Geovane Grangeiro como candidatos a prefeito e vice de Macapá para a eleição de novembro.
Também neste domingo foi realizada a convenção do Democratas no município de Tartarugalzinho, sendo confirmado o nome do engenheiro e ex-deputado estadual Bruno Mineiro (DEM) para disputar a prefeitura, tendo como vice o empreendedor Javan Castan. Bruno Mineiro tem o apoio dos senadores Davi Alcolumbre (DEM) e Randolfe Rodrigues (Rede), e formou uma aliança com os partidos Republicanos, PL, PRTB e Cidadania.
Nesta segunda-feira tem convenção no município de Itaubal, onde o PL confirma o nome do atual prefeito Serafim Picanço como candidato à reeleição.
Na terça-feira (15) acontece a convenção do PSOL para homologar o nome do deputado estadual Paulo Lemos como candidato a prefeito, e da empresária Lorena Quintas (PCdoB) como vice. O PSOL anuncia que também pretende disputar as prefeituras de Ferreira Gomes e Calçoene e indicar vices em Oiapoque e Itaubal.

Em 14 dos 16 municípios do Amapá os atuais prefeito disputam reeleição. Apenas os de Macapá e Vitória do Jari estão impedidos por já estarem cumprindo o segundo mandato em razão de terem sido reeleitos em 2016.

Prazo encerra na quarta
Na próxima quarta-feira, 16 de setembro, termina o prazo para realização de convenções com escolha dos candidatos pelos partidos e deliberação sobre coligações. Dez dias depois encerra o prazo para os partidos e coligações solicitarem à Justiça Eleitoral o registro de seus candidatos, e dia 27 de setembro começa a propaganda eleitoral, inclusive na internet.
 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *