Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Política

Patriota faz evento para apresentar seus pré-candidatos para as Eleições 2022 no Amapá

Partido reúne militantes no sábado, dia 14, para lançar nomes ao Senado Federal, Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa.


Empresário Gilberto Laurindo será o pré-candidato ao Senado do partido

Cleber Barbosa
Da Redação

 

O Diretório Regional do Patriota no Amapá, que passou a ser comandado este ano pelo empresário e produtor rural Gilberto Laurindo, fará no sábado, dia 14, um evento de apresentação de seus pré-candidatos a senador, deputado federal e deputado estadual.

 

A festa acontecerá a partir das 17 horas, numa casa de eventos chamada Excalibur, no bairro Beirol, zona sul de Macapá e promete reunir os representantes da agremiação de todas as regiões do estado.

 

Para inaugurar essa nova fase da agremiação no estado, o Patriota Amapá vem reorganizando seus diretórios e as bases do partido, que não deverá ter candidatura própria a governador, mas uma chapa consolidada de senador, encabeçada por Gilberto Laurindo, além de pré-candidatos da chamada eleição proporcional.

 

Perfil

O engenheiro agrônomo Gilberto Laurindo tem 60 anos de idade e é pré-candidato a senador. Natural do Paraná, radicado no Amapá há mais de 30 anos, jamais disputou um cargo eletivo, mas desde os tempos de centro acadêmico participa de movimentos e é muito ativo politicamente. No Amapá, sempre defendeu que os setores produtivos devem também participar votando e sendo votados, daí vir construindo há algum tempo uma candidatura que consolide esse pensamento.

 

Profundo conhecedor da economia do estado e do meio ambiente, desenvolve atividades empresariais no Amapá há mais de 30 anos. Implantou projeto no agronegócio há 20 anos, de produção e beneficiamento de arroz na comunidade do Curicaca, município de Itaubal. Seguido do cultivo de feijão, milho e soja, promovendo grande impacto econômico e social na região, com a geração empregos, treinamento de pessoal, apoio a pequenos produtores locais, no preparo mecanizado de lavouras, distribuição de insumos e difusão de tecnologia. Esse empreendimento foi estudado por muitos acadêmicos, especialmente para trabalhos de conclusão de curso.


Comente