Política

Randolfe confirma destinação de recursos para auxílio a estudantes de baixa renda da Unifap

A iniciativa é voltada para alunos que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica, causada pela pandemia da Covid-19.

Compartilhe:

O senador Randolfe Rodrigues (REDE) confirmou que destinará, em 2021, recursos de emenda parlamentar para a constituição de um sistema de auxílio financeiro emergencial a estudantes da Universidade Federal do Amapá (Unifap). A iniciativa é voltada para alunos que estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica, causada pela pandemia da Covid-19.

 

Nesta sexta-feira (31), o Departamento de Filosofia e Ciências Humanas da instituição formalizou o pedido ao parlamentar através de ofício. No último dia 17, Randolfe participou de conferência online com representantes do departamento que levantaram a demanda por assistência estudantil.

 

De acordo com a universidade, a proposta é que a bolsa seja paga durante 12 meses aos discentes de cursos de graduação contemplados.

 

“…Urge uma política de assistência aos alunos de famílias pobres e empobrecidas em virtude da epidemia global, garantindo que estes possam desenvolver com dignidade suas atividades, afastando as possibilidades de que esta crise aprofunde ainda mais as desigualdades sociais em função da ausência de condições materiais”, diz um trecho da solicitação.

 

O documento é assinado pela vice-reitora, Simone de Almeida Delphim Leal, o diretor do departamento, Marcus Vinícius de Freitas Reis, e a coordenadora de curso Lara Vanessa de Castro Ferreira.

 

Para o senador, a criação de uma política de assistência estudantil em tempos de pandemia deverá ser fundamental para garantir a permanência de muitos alunos na universidade.

 

“Na crise que estamos, não garantir o mínimo de condições para que o aluno faça sua graduação é trazer para dentro da universidade as consequências econômicas da pandemia. Nosso mandato está comprometido em ajudar na vida acadêmica de estudantes carentes”, garantiu o parlamentar.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *