Política

TRE indefere registros do vice de Capiberibe para o governo e suplentes de Janete ao Senado

Marcos Roberto teve o registro indeferido em razão de condenação pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e por irregularidades nos Demonstrativos de Regularidade de Atos Partidários (Draps) Partido dos Trabalhadores (PT).

Compartilhe:

Paulo Silva
Editoria de Política

Em sessão realizada nesta quarta-feira (12), o Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE-AP) indeferiu os registros de Marcos Roberto Marques (PT), candidato a vice-governador na chapa encabeçada por João Alberto Capiberibe (PSB), candidato a governador. Também foi indeferido o pedido de registro dos dois suplentes ao Senado na chapa de Janete Capiberibe (PSB). Os candidatos indeferidos podem ser substituídos.

Marcos Roberto teve o registro indeferido em razão de condenação pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e por irregularidades nos Demonstrativos de Regularidade de Atos Partidários (Draps) Partido dos Trabalhadores (PT).

No caso dos suplentes de Janete Capiberibe ao Senado, Marco Antônio Lima Nunes foi barrado pelo problema nos Draps do PT e Ivanildo Luciano da Luz não comprovou filiação partidária.

OUTROS JULGADOS – Na mesma sessão o Tribunal Regional Eleitoral deferiu o registro de Jurandil Juarez, candidato a deputado federal. Ele responde a processos, mas não tem condenação. O registro dos candidstos do Patriotas na coligação com o DEM, PSDB e Avante para deputado estadual foi indeferido.

Foi deferido o registro dos candidatos dos partidos coligados PPL, Rede, Avante, Solidariedade e Podemos para deputado federal.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *