Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Turismo

BIOJOIAS NO PARQUE

Em Macapá, empreendedorismo marca programação do Dia Internacional da Biodiversidade.


Cleber Barbosa
Editor de Turismo

 

O Bioparque da Amazônia promoveu uma série de atividades para comemorar o Dia Internacional da Biodiversidade, celebrado em 22 de maio. E entre as ações propostas, o público que visitou o espaço participou de uma oficina que ensinou algumas técnicas para produção de biojóias. A iniciativa veio como forma de incentivar a sustentabilidade e o empreendedorismo com a promoção do artesanato. “Essa ação tem o foco no empreendedorismo, para quem deseja desenvolver esse segmento usando a potencialidade da biodiversidade da nossa região”, destaca o presidente Ezequias Ferreira.

A oficina foi ministrada pela artesã Patrícia Martins, que trabalha com manualidades e artesanato de raiz. Ela conta que a capacitação focou na utilização de matéria-prima nativa da região, como as sementes de jarina, açaí e paxiubinha. “Mostrei algumas técnicas de como produzir argolas e cordões para que os participantes aprendam, gostem e usem isso como uma possível fonte de renda”, explica.

 

Empreender – Já a florista Ivana de Lima, de 32 anos, foi uma das participantes da oficina. Ela conta que foi a primeira vez que teve contato com a produção de biojóias e que isso ajudará de várias formas na atividade que desenvolve. “Trabalho com a produção e comercialização de mini jardins e terrários e para isso preciso fazer casinhas, pontes e outros elementos que compõem esse material. Com a oficina, conseguirei adaptar algumas matérias-primas para aplicar ao paisagismo das peças que eu faço”, completa.


Comente