Turismo

VELEJANDO EM MACAPÁ

Versão cearense para o Iron Man, a KateTrip “Iron Macho” inclui o Amapá na rota que percorre a Costa do país.

Compartilhe:

Cleber Barbosa
Da redação

 

Uma turma de aventureiros colocou o Amapá no roteiro do projeto Iron Macho, que nada tem de a ver com machismo, mas por conjugar o idioma “cearês”, ficar até meio internacional e levar um pouco do humor e da cultura cearense, onde quer que passem com sua “katetrip”. Até os gringos tentam falar a sua língua e daí vira diversão e descontração. “O Iron Macho é baseado na força e na resistência, não existe competição, e sim, superação. É um desafio percorrer tantas praias em cima de um pedaço de madeira arrastado pelo vento”, diz o CEO da trupe, Marques Filho.

Mobilização

O Iron Macho é uma equipe especializada em Kiteturismo (downwind). Em 6 anos de atuação, mapeou cinco estados do Nordeste e dois do Norte. Foram mais de 1,7 mil quilômetros de costa: João Pessoa, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí, Maranhão e agora Pará e Amapá. Há cinco anos, realizam a kitetrip Iron Macho, garantindo conforto, qualidade e segurança aos participantes. Também fazem outros eventos como o Iron Divas, Iron Macho Internacional, Kite Emotion, Kite Selva, Wave Hunters e trips com grupos privados, atendendo ao público nacional e internacional. A passagem por Macapá foi devidamente registrada e rolou até aquele gostinho de quero mais, quem sabe até Oiapoque da próxima vez.

Fotos: Andreza Miranda

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *