Última Hora

Lucas Barreto anuncia pré candidatura a prefeito de Macapá

Vereador afirma que conta com o apoio dos senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues

Compartilhe:
“Sou pré-candidato à Prefeitura de Macapá, sim, e para essa empreitada conto com o apoio dos senadores Randolfe Rodrigues e Davi Alcolumbre, com os quais temos intensificado as conversas. Estamos diante de um ano muito difícil; a crise econômica inviabiliza projetos e torna amarga a vida dos amapaenses em geral, principalmente da população de Macapá. Por isso, a minha pré candidatura é irreversível, porque o Amapá precisa de um novo jeito de governar, fazendo mudanças, mas sem radicalizações”.
A declaração foi feita na manhã desta terça-feira, 19, pelo vereador Lucas Barreto (DEM), no programa LuizMeloEntrevista (DiárioFM 90.9), ao ser questionado pelo jornalista e radialista Luiz Melo sobre o seu futuro político, por conta de informações dando conta de que estaria trabalhando com foco direcionado para o governo do estado em 2018. Ele reconheceu que os senadores Randolfe e Davi terão dificuldades para optar entre ele e Clécio Luís, que já manifestou sua decisão de tentar a reeleição, mas deixou claro que o grupo político do qual faz parte definirá a candidatura com base no momento político.
Para Lucas Barreto, o afunilamento para uma só candidatura é possível: “Temos do lado de cá dois pré candidatos, eu e o Clécio, com possibilidade de afunilamento em uma só candidatura. Tudo vai ser avaliado politicamente, de acordo com as pesquisas. Do lado de lá, (grupo comandado pelo governador Waldez Góes) são três os pré candidatos – Jorge Amanajás, Gilvam Borges e a vereadora Aline, mas deverá convergir para um só nome. De qualquer maneira, temos que ter coragem para enfrentar as dificuldades que estão por vir, como as projeções de que teremos, no Brasil, dez milhões de desempregados em março; na campanha passada (ao governo do estado) dissemos que a crise ia se agravar muito, e isso está acontecendo, como, por exemplo, a farinha custa R$ 5 o litro, o quilo do tomate, R$ 10, o açaí está com o preço lá em cima, e tudo isso porque não produzimos nada; temos que nos preocupar com isso, e esse trabalho eu venho realizando na Câmara, com projetos e ações voltados para o fortalecimento da agricultura, inclusive realizando audiências públicas para que o setor seja discutido”.

Visão de futuro
Por meio de mensagem na rede social, o procurador do estado, Diego Bonila, elogiou o trabalho político de Lucas, lembrando que foi o único candidato ao governo que apresentou um programa com base na crise econômica: “Nenhum outro candidato levou a sério a possibilidade de enfrentarmos uma crise tão forte como esta. Lucas Barreto, com essa visão de futuro, fez isso. A pré candidatura dele é um alento para nós, que conhecemos as dificuldades que o Amapá passa”, afirmou Bonila.

Sobre suas chances reais de conquistar a Prefeitura de Macapá, em outubro deste ano, Lucas Barreto foi incisivo: “Já fui testado nas urnas para o governo; tivemos 47% dos votos na primeira eleição; pra prefeito, conquistamos 25,3% em contraponto ao Ibope, que deu 13%; temos chances reais, sim, e vamos lutar para isso, sem repetir alguns erros cruciais, como a não agregação de mais forças políticas. Somos um estado pequeno, onde vence quem tem mais união de forças políticas; eu até ousaria dizer que, infelizmente, vence quem mente mais, e eu não tenho essa capacidade de mentir. Não se pode desprezar, porém, que voto não se transfere, conquista-se, e nós temos conquistado muitos votos por causa do trabalho sério que desenvolvemos em benefício da população”, concluiu Lucas Barreto.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *