Última Hora

Operação combate o roubo de gado no interior do Amapá

Operação conjunta entre o Batalhão Ambiental, Bope e outros parceiros reprime o furto e roubo de gado em várias regiões do estado.

Compartilhe:

Homens do Batalhão Ambiental (BA) e do Comando de Operações Especiais (COE/BOPE) deflagram uma operação de combate ao furto e roubo de gado nas regiões do Arquipélago do Bailique, rio Araguari, distrito do Pacuí e no município de Itaubal do Piririm. As incursões – feitas em sua grande maioria por via fluvial – ocorreram entre 30 de março e 10 de abril.

De acordo com o comando do Batalhão Ambiental, o objetivo foi identificar as quadrilhas que vem agindo nessas regiões. O gado abatido em propriedades particulares era comercializado em Macapá e na região das Ilhas do Pará. Segundo produtores que foram vítimas das quadrilhas, os criminosos agiam em plena luz do dia, utilizando sempre armas de fogo para intimidar os trabalhadores das fazendas.

Em algumas regiões essas propriedades possuem pequenos canais. Nesses casos os criminosos abatiam o gado que era transportado em rabetas (pequenas embarcações) até as canoas maiores que ficavam ancoradas nos rios próximos.

Durante a operação os policiais apreenderam uma balsa com 21 cabeças de gado. O transporte era feito sem a Guia de Transporte Animal (GTA), documento obrigatório e que comprova a origem dos animais transportados. O caso será comunicado à Diagro.

Várias pessoas foram detidas e os nomes já foram repassados à Delegacia de Polícia do Interior (DPI) que deverá abrir investigação para apurar os crimes. Pelo menos seis armas longas foram apreendidas com os suspeitos. O Grupamento Tático Aéreo (GTA) também integra o grupo de combate ao crime de furto e roubo de gado nessas regiões.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *