Governo muda política de financiamento

O resultado da pesquisa encomendada ao Tribunal de Contas da União, fez o Ministro anunciar nova política de financiamento, onde os clubes, em regime profissional, ficarão de fora.

Compartilhe:

Os clubes profissionais de futebol já se preocupam com a falta de patrocínio para a próxima temporada, como consequência da nova orientação do Ministro Paulo Guedes, de que os orgãos federais, principalmente a Caixa Econômica, não mais vão manter a política anterior de financiar os clubes, resultando na aplicação de milhões de reais para uma atividade que tem meios para adquirir seus próprios recursos para as atividades. O resultado da pesquisa encomendada ao Tribunal de Contas da União, fez o Ministro anunciar nova política de financiamento, onde os clubes, em regime profissional, ficarão de fora. No entanto, a política de ajudar aos esportes olímpicos ainda vai ser estudada e será possível a continuidade do programa, porém, com mais vigilância quanto aos valores disponibilizados para as diversas entidades olímpicas, muitas das quais com problemas. A ideia, contudo, é financiar as atividades olímpicas, mas com maior rigor, considerando que no passado era aplicado grande soma de recurso e os resultados técnicos deixavam a desejar e os atletas brasileiros não correspondiam, tecnicamente, aos benefícios aplicados.

Fla fora
Campeão da Copinha do ano passado, o Flamengo era considerado um dos fortes candidatos ao título da atual disputa no estado de São Paulo. Mas, depois de estrear com sucesso, acabou derrotado na segunda rodada para o Trindade e, depois da derrota, precisava se superar para repetir a jornada anterior. Mas não foi feliz, ontem, na partida contra o Figueirense, para o qual perdeu para o Juventude, por 1 a 0, sendo eliminado da competição. O mesmo não aconteceu o Vasco da Gama, que goleou ontem, o Juventude, classificando-se para a terceira fase da Copinha. Ainda estão na briga Fluminense e Botafogo.

Brasileiros
Os jogadores brasileiros estão fazendo história no futebol mundial. Lucas Paquetá, recente contratado pelo Milan está encantando os italianos e é titular absoluto na equipe. A mesma sorte não foi a de Vinicius Junior que, contundido não jogou a última partida do Real. Mesma situação foi de Neymar, dispensado pelo treinador Thomas Tuchel para ficar fora da partida do PSG. Arrascaeta, novo reforço do Flamengo, não ficou com boa imagem no Cruzeiro, clube que defendia. Segundo os cruzeirenses o jogador não foi legal com o clube.


 
Compartilhe: