Real Madrid: Mbappé ou Neymar?

Em sua capa da edição desta quinta, o “As” diz que o desafio de Florentino Pérez, presidente merengue, é escolher entre Mbappé e Neymar.

Compartilhe:

As declarações de Mbappé durante a premiação dos melhores da temporada no Campeonato Francês abriram o festival de especulações na imprensa espanhola. Ao dizer que deve aceitar novas responsabilidades, o atacante deixou o Real Madrid em alerta. Mas o dilema para a próxima janela de transferências está além do jovem campeão do mundo com a França.

Em sua capa da edição desta quinta, o “As” diz que o desafio de Florentino Pérez, presidente merengue, é escolher entre Mbappé e Neymar. De acordo com a publicação, o clube aguarda por um sinal positivo em ambos para ir ao ataque. No entanto, é um sonho imaginar que os dois seriam contratados.

O jornal diz que o silêncio do atacante francês diante do comunicado do PSG, que garantia a permanência do jogador no clube, é um indício de que o atleta não quer permanecer na França. Sobre o brasileiro, o “As” garante que o Real Madrid não encerrou os contatos com o atacante, com quem já ensaiou um namoro no início da temporada.

No entanto, o clube espera de Neymar uma atitude semelhante à de Mbappé: deixar claro que quer sair do Paris. Isso facilitaria a operação para a equipe da capital espanhola.

A dupla de estrelas do PSG também foi capa do “Marca” na última terça-feira. Nela, o diário esportivo reforça que Mbappé deixou aberta a possibilidade de sua saída do clube e abriu espaço para uma possível negociação de Neymar.

A temporada conturbada do PSG, com mais uma decepção na Liga dos Campeões, ajudou a alimentar as especulações que indicam para as possíveis saídas de Neymar e Mbappé. Os dois são cotados como alvos de gigantes europeus, a começar pelo Real Madrid, que estaria na dúvida entre quem investir. E o técnico Thomas Tuchel indicou que está ciente da possibilidade de ter que dar adeus a um dos astros.

Na última entrevista coletiva da temporada, na véspera da rodada final do Campeonato Francês, o comandante parisiense foi questionado sobre possíveis transferências dos atacantes. E Tuchel respondeu de forma resignada.

“Isso é futebol, então tudo pode acontecer. Eu não sou ingênuo. A janela de transferências é louca, e muitos clubes estão buscando comprar. Se você está me perguntando como treinador, então sim, quero que eles fiquem aqui. Mas se isso não acontecer, encontraremos soluções”, disse Tuchel.


 
Compartilhe: