Articulistas

Renato Gaúcho sonha com seleção

Tranqüilo e sabendo o que estava dizendo o treinador Renato Gaúcho revelou, à imprensa, algumas alternativas da sua vida de profissional, e uma delas, foi afirmar que, como treinador atual do Flamengo, não admite o clube passar uma temporada, sem títulos. Citou, por exemplo, sua vida no Grêmio, em que o time gaúcho conquistou grandes […]

Compartilhe:

Tranqüilo e sabendo o que estava dizendo o treinador Renato Gaúcho revelou, à imprensa, algumas alternativas da sua vida de profissional, e uma delas, foi afirmar que, como treinador atual do Flamengo, não admite o clube passar uma temporada, sem títulos. Citou, por exemplo, sua vida no Grêmio, em que o time gaúcho conquistou grandes vitórias, gastando pouco, e com mais lucro do que prejuízo. Apontou o caso do jogador Everton, que tem proposta de R$ 222 milhões para se transferir para a Europa, comprovando o sucesso da trajetória do Grêmio. Sobre o zagueiro Kannerman, Gaúcho informou que Flamengo estava interessado em contratá-lo e que optou pela negativa.Por fim, RG disse que sempre sonhou em dirigir a seleção brasileira de futebol, mas nunca fez desse desejo uma fixação e vai esperando o tempo que o parâmetro para tudo na vida.

 

Hernanes
Todo torcedor se lembra do meio campista Hernanes, várias vezes convocado para a seleção brasileira. Ele está na Europa e é o grande desejo do São Paulo para a temporada de 2019. O jogador firmou vontade de não jogar na China.

 

Sampaoli
O treinador Jorge Sampaoli, agora treinador do Santos, pode estar agradando aos dirigentes, mas vai receber nota zero em relação aos jogadores. Ele anunciou que pretende dispensar 16 profissionais do clube, preenchendo as vagas com novos contratados. O primeiro nome pretendido para reforços é do argentino Emmanuel Gigglliote, do Independente, cujo passe valer 12 milhões de dólares, logo rejeitado pelo clube santista,

 

Calçada da Fama
O maior tributo de um herói em qualquer atividade da vida humana é ter seu nome imagem perpetuados para a posteridade. No caso dos jogadores de futebol, além da lembrança dos torcedores, há outros motivos que o fazem presentes na memória. É o caso da Calçada da Fama, quando os grandes astros deixam seus pés gravados em cimento na porta dos estádios.O Maracanã serviu para prestar essa imagem a grandes astros do futebol penta campeão mundial. Os pés de vários campeões estão na porta principal do maior estádio do mundo, no Rio de Janeiro, o Maracanã. Mas sabe o que aconteceu: foram apagados os nomes de Marta, Bellini, Sócrates e Nilton Santos. Só Marta a única que pode voltar ao local e colocar seu pé, novamente.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *