O Ijoma e o Hospital de Amor

Vivas à saúde pública amapaense! Sim, porque a população acaba de receber o Hospital de Amor com a estrutura física necessária para tratar com dignidade paciente diagnosticado com câncer. Mas não podemos esquecer a luta de Padre Paulo antes e após a fundação/inauguração do Instituto de Prevenção do Câncer Joel Magalhães, o Ijoma, em 10 […]

Compartilhe:

Vivas à saúde pública amapaense!

Sim, porque a população acaba de receber o Hospital de Amor com a estrutura física necessária para tratar com dignidade paciente diagnosticado com câncer. Mas não podemos esquecer a luta de Padre Paulo antes e após a fundação/inauguração do Instituto de Prevenção do Câncer Joel Magalhães, o Ijoma, em 10 de maio de 2010, devidamente registrado no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Brasil, localizado na AvenidaDr Silas Salgado, 3586, bairro Alvorada, na capital, Macapá.

Sua atuação, em síntese, funciona como um centro de apoio a pacientes com câncer e AIDS.

O Ijoma realiza atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares, odontologia, serviço clínico de laboratório,serviços de diagnóstico por imagem sem uso de radiação ionizante (exceto ressonância), fisioterapia e atividades de fornecimento de infraestrutura de apoio e assistência a paciente no domicílio.

Em 2017, 140 pessoas foram diagnosticadas com câncer. Só no primeiro trimestre desse ano, 36 casos já foram registrados. A pesquisa e os dados apresentados são do Ijoma.

Considerando que a prevenção contra a doença é a melhor maneira de combate, vemos no Hospital de Amor, recentemente inaugurado, mais uma defesa na somatória de esforços, ao lado do Ijoma, para agilizar antecipadamente o diagnóstico de uma doença que não espera, proporcionando tratamento imediato ao paciente.

Seguindo o modelo da linha hospitalar de Barretos, o Hospital de Amor, em Macapá, é o nono inaugurado no Brasil.
O serviço de atendimento será integrado às unidades básicas de saúde e hospitais dos municípios do Estado do Amapá.

A nova unidade de combate ao câncer no estado contará com 45 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos administrativos.

Para exames de mamografia, inicialmente serão atendidas mulheres na faixa etária de 40 a 60 anos, e de Papa Nicolau, mulheres de 25 a 64 anos.

Mulheres que desejarem obter atendimento precisam estar munidas de documentos pessoais e o cartão do SUS.

O Hospital do Amor fica localizado na Rodovia Norte Sul, próximo ao Ministério do Trabalho, na zona norte de Macapá. A administração do hospital informa que o atendimento iniciará em fevereiro de 2019.


 
Compartilhe: