Refletindo a educação com Jack Correa e Mauro Rabelo

– – –

Compartilhe:

O Dia 15 de outubro, Dia do Professor, foi marcado em Macapá com importante agenda de lançamento de obras dos professores Mauro Rabelo e Jack Correa, nas dependências da Fortaleza de São José de Macapá, ambos portadores de considerável bagagem curricular.

O que chama a atenção na iniciativa dos Mestres escritores é justamente a temática abordada em uma de suas obras, a suscitar importante reflexão!

Inicialmente, em sua obra Violência Discente, Jack Correa aborda com muita propriedade e conhecimento de causa, evidenciando dados estatísticos, a grave questão de muito tempo e por vezes, lamentavelmente, negligenciada:

A séria violência que professores sofreram e outros no presente já enfrentaram em sala de aula, quer seja moral ou física, ou ambas as situações, por vezes, com consequências psicológicas.

Nada mais são do que resultados de impressões impactantes da dura realidade de lares desestruturados, estimulados pelo desemprego, falta de oportunidades… Pessoas viciadas em bebidas alcóolicas ou drogas alucinógenas, tudo desaguando feito lamaçal no velho espaço sagrado do saber, a sala de aula.

Se antigamente, em nossa época, nossos queridos mestres eram venerados e profundamente respeitados, hoje, tristemente e vergonhosamente, vivemos uma inversão de valores.

Mauro Rabelo, em sua pertinente e necessária obra, faz uma abordagem histórica sobre as Comunidades Eclesiais de Base, as CEBB’s, e os relevantes serviços que valorosas pessoas desempenharam na Amazônia Legal. Trata-se de um registro histórico, pertinente e necessário, onde figuram ilustres personagens da vida real, abraçados na Fé e na vontade de servir o próximo para orientar, educar, e dar o devido auxílio social as comunidades distantes e isoladas, trabalho digno do reconhecimento público em geral.

Nestes tempos de pandemia e de inversão de valores, na qual todos temos o dever moral de combater, é extremamente salutar ouvir na secular Fortaleza de São José de Macapá os mestres Jack Correa e Mauro Rabelo e vez por outra consultar suas obras de tamanho vulto e importância tais como Violência Discente e CEB’s.

Pesquisar é preciso!


 
Compartilhe: