Poderosa

Ela é loira, bonita e armada. Mais que isso, agora comanda um quartel do Exército em Brasília. Trata-se do 7º Centro de Telemática de Área, onde ocorreu esta semana a solenidade de passagem de chefia do coronel Alexandre Almeida Lima, para a tenente-coronel Luciene da Silva Demenicis, que é engenheira.

Compartilhe:

Ela é loira, bonita e armada. Mais que isso, agora comanda um quartel do Exército em Brasília. Trata-se do 7º Centro de Telemática de Área, onde ocorreu esta semana a solenidade de passagem de chefia do coronel Alexandre Almeida Lima, para a tenente-coronel Luciene da Silva Demenicis, que é engenheira.

Parlamento
Os deputados estaduais da nova Legislatura tomaram posse na tarde desta sexta-feira (1º de fevereiro), em sessão preparatória, realizada no auditório Macapá, nas dependências do Sebrae/AP. Ainda não houve definição sobre a eleição para a Mesa Diretora.

Disputa
Na verdade certo mesmo só a data – adiada – para a sessão de votação para os cargos como o de presidente da Casa. Será na próxima terça-feira, dia 05, um dia depois do feriado. Aliás, feriado será de costuras.

Crescimento
Todos os indicadores da indústria brasileira tiveram desempenho positivo em dezembro na comparação com novembro. Mesmo assim, só o faturamento do setor cresceu de forma mais significativa em 2018.

Artigo
O que mudou com o novo decreto que flexibiliza a posse de arma no campo ou na cidade? Este é o título de um artigo didático sobre a possibilidade de todo e qualquer cidadão de bem ter uma arma em casa.

Portal
O texto, de autoria de Bianca Vivas, de um conceituado escritório de advocacia, está publicado em nossa página na web, na sessão de Artigos. O endereço eletrônico é o www.cleberbarbosa.net.

Educação
Dezenove acadêmicos dos cursos de mestrado, doutorado e pós-doutorado assinaram na Universidade Federal do Amapá os Termos de Outorga para a concessão de bolsas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá, vinculada à Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec).

Pesquisa
A concessão das bolsas faz parte de um acordo de Cooperação Técnica e Acadêmica firmado entre a Fundação e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), e terá um investimento total de R$ 1 milhão. É claro que a medida é muito bem aceita no meio acadêmico, pelas bolsas para projetos.

Palavra
A solenidade foi prestigiada pelos bolsistas, professores e pesquisadores vinculados às propostas aprovadas; chefe-geral da Embrapa Amapá, Nagib Melém. Na ocasião, o pesquisador disse que o programa demonstra a importância da Fundação em subsidiar a pesquisa no Amapá.


 
Compartilhe: