O umbigo é mais embaixo

. É o caso, por exemplo, deste bloqueio pedido pelo MPF nas contas bancárias das empresas que seriam responsáveis pelo desmoronamento do porto mineral de Santana, em 2013 – cem milhões de reais.

Compartilhe:

Nesta era de informática, em que a velocidade da informação atropela a tranquilidade até das pessoas mais tranquilas e conscienciosas, no afã de sempre estar na frente do noticiário a imprensa tradicional empanturra a população de informes, muitas vezes sem critério, o que em vez do cumprimento da finalidade básica de informar para formar, desinforma. A busca do sensacionalismo ou pirotecnismo contribui ainda mais para essa desinformação. É o caso, por exemplo, deste bloqueio pedido pelo MPF nas contas bancárias das empresas que seriam responsáveis pelo desmoronamento do porto mineral de Santana, em 2013 – cem milhões de reais. A notícia veio como se as empresas já estivessem com tamanho rombo em seus caixas bancários. Ora, o procedimento do Ministério Público não tem poder para isso, mas ainda irá ou já foi encaminhado para a Justiça, que o acatará ou não. Se não acatar, hem? Depois, a Justiça cumprirá os trâmites de praxe para julgamento, que não deverá ser o único, porque dependendo do resultado o próprio MP poderá recorrer da decisão, o que também pode ser feito pelas empresas acusadas… E isso leva tempo, muito tempo, como até agora a tal exportação de grãos do Centro-Oeste pelo Porto de Santana ainda não deslanchou, apesar das bombásticas notícias a respeito do assunto há pouco mais de dois anos.

 

Mulher senadora

A secretária nacional das mulheres, Fátima Pelaes (segunda na foto da esquerda para direita), reafirmou que é pré candidata ao Senado e que não pretende abrir mão disso. Ela reafirmou a intenção durante visita técnica no último fim de semana às obras do Hospital Universitário, acompanhando o governador Waldez Góes.
Fátima tem percorrido os municípios amapaenses e gabinetes em Brasília, agregando apoio de prefeitos, gente de mandato, pré candidatos e membros da cúpula do PMDB.
A secretária com status de ministra começou 2018 com a pasta mais bem avaliada do governo federal. Ela conseguiu driblar a crise entre Congresso e governo acerca do debate das reformas e do orçamento.
Fátima Pelaes trabalhou em mobilização por recursos em 2017 junto à bancada feminina. O resultado será sentido no orçamento de 2018 para a Secretaria de Políticas para as Mulheres.
As emendas individuais dobraram de valor: (de R$ 5 milhões para R$ 11 milhões); as emendas coletivas cresceram quase 500% ( de R$ 10 milhões para R$ 54 milhões, considerando 2017 como comparativo).

 

Ele veio por você
Em seus romances O processo e O castelo, Franz Kafka (1883–1924) retrata a vida como uma existência desumanizadora que transforma as pessoas num mar de rostos vazios, sem identidade ou valor. Kafka afirma que “a correia transportadora da vida o leva adiante, ninguém sabe aonde. A pessoa é mais um objeto, uma coisa, do que uma criatura viva”.
No início de Seu ministério, Jesus foi a uma sinagoga de Nazaré, levantou-se à frente da multidão e leu em Isaías: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor” (Lucas 4:18,19).
Então, Cristo se sentou e declarou: “…Hoje, se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir” (v.21). Séculos antes, o profeta Isaías havia proclamado essas palavras (Isaías 61:1,2). Agora, Jesus anunciava que Ele era o cumprimento dessa promessa.
Perceba quem Jesus veio resgatar — os pobres, de coração partido, cativos, cegos e oprimidos. Ele veio pelas pessoas desumanizadas pelo pecado e sofrimento, quebrantamento e tristeza. Ele veio por nós! Por mais impessoal que o mundo possa parecer, Jesus ama a cada um de nós como se fôssemos Seu único filho. — Bill Crowder


 
Compartilhe: