Artigos

Maurício Júnior – Professor e Pastor (Articulista)

Terreiro de repouso da Vovó Servana (II)   Depois voltou para Macapá e começou a trabalhar em terreiro que ficava no canto da Eliezer Levy, onde pagava aluguel por uma sala. Depois comprou o terreno do terreiro atual, que tem a casa onde mora, e atrás o terreiro. O terreiro tem os seguintes aposentos e […]

Compartilhe:

Terreiro de repouso da Vovó Servana (II)

 

Depois voltou para Macapá e começou a trabalhar em terreiro que ficava no canto da Eliezer Levy, onde pagava aluguel por uma sala. Depois comprou o terreno do terreiro atual, que tem a casa onde mora, e atrás o terreiro. O terreiro tem os seguintes aposentos e tamanho: 11 metros de comprimento por 8 metros de largura. Tem uma sala para os clientes, um templo que mede 4 metros de largura por 4 metros de comprimento, um quarto de 3 metros de comprimento por 2 metros de largura para atendimento reservado com os clientes e filhas ou filhos de santo, uma sala para dar conselhos, uma sala para os filhos e filhas de santo e uma sala para alimentação.

 

O seu santo de frente é a vovó Servana da linha de preto velho. É devota de Santo Expedito e Nossa Senhora do Desterro e São José do Ribamar de São Luís. Desde pequena seguiu a vovó. Todas as imagens foram compradas com o seu dinheiro. Somente São Jorge mandou buscar no Maranhão.


Hoje tem 18 filhos e filhas de santo – cinco filhos e 13 filhas. Eu não quero muitos filhos de santo, pois dá muito trabalho. Tem consulta quando estou disposta a atender com respeito, pois precisa ter compromisso e levar com seriedade a umbanda.

 

Por que diminue o número de pessoas na Umbanda?

A metade das pessoas só acredita quando está em uma situação ruim, sofrendo, e muitas pessoas procuram os evangélicos, quando não encontram solução. Eu já fui perseguida pela religião e até processada.

O que deveria fazer para melhorar a vida dos umbandistas?

Essa pergunta deve fazer à presidente da Federação da Umbanda.

Vai participar da Semana da Consciência Negra?

Se mandar um convite eu vou.

O governo e a prefeitura ajudam nas atividades da Umbanda?

Nunca ajudaram a federação.

Acha que o facebook e o celular podem interferir na religião?

Retira e bota coisa na cabeça das pessoas contra a religião.

Os jovens têm vergonha de participar da Umbanda?

Tem vez que eles têm, como vejo com os meus filhos e filhas de santo.

Quais as festas que comemoram?

No dia 5 de julho, do seu Baiano; dia 15 de maio, festa Mariana; 5 setembro, festa José Tupinambá.

Você acha que a quantidade de filhos e filhas de santo influencia na continuidade da tradição da Umbanda?

Acho que sim, porque quanto mais filhos e filhas de santo mais pais de santo para continuar a umbanda.

Quais os dias de trabalho?

Só trabalho quando eu quero, pra fazer um bom trabalho, e neste caso eu zelo pelos cabocos dos terreiro, pois não estou interessada em ganhar dinheiro, mas em trabalhar para fazer o bem.

 
Compartilhe:

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *