Cidades

Comunidade pede reforma urgente do Balneário do Curiaú

Um dos principais pontos turísticos da capital, atualmente o espaço encontra-se abandonado, com o deck principal todo danificado.

Compartilhe:

Railana Pantoja
Da Redação

 

Moradores da comunidade quilombola Curiaú, em Macapá, pedem que os órgãos competentes façam de forma urgente uma reforma no Balneário do Curiaú. Um dos principais pontos turísticos da capital, atualmente o espaço encontra-se abandonado, com o deck principal todo danificado.


“Além de tudo ainda tem muita sujeira, os degraus caíram e tem muito prego dentro da água, aí as pessoas chegam, tomam banho, acabam caindo e se batem, porque não sabem o que tem no fundo”, relatou o morador Eduardo, que passa todos os dias pelo balneário para chegar de canoa até seu terreno particular.

Em nota, a Secretaria de Obras da capital (Semob) informou que “o projeto de reforma está sendo elaborado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura”. A Seinf ainda não se pronunciou sobre o projeto.

Fotos e reportagem: Costa Filho

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *