Cidades

Cortejo no Laguinho antecipará Missa dos Quilombos no Dia da Consciência Negra

Neste ano, duas novidades: programação para um mês inteiro e o ‘arrastão’ da Igreja de São Benedito ao Centro de Cultura Negra.

Compartilhe:

Douglas Lima – Da Redação

 

Para evidenciar ainda mais a Consciência Negra no estado, cujo dia transcorrerá quarta-feira, 20, a União dos Negros do Amapá (UNA), governo e Prefeitura de Macapá se uniram para realizar o Mês da Consciência Negra, diferente dos anteriores, quando a programação era para a Semana da Consciência Negra.

Há duas semanas as igrejas e segmentos de raiz africana vêm participando de seminários e eventos culturais, antecipando o grande Dia da Consciência Negra, quando acontecerá mais uma novidade: realização de um cortejo saindo da Igreja de São Benedito por ruas e avenidas do bairro do Laguinho, até chegar no Centro de Cultura Negra, local da tradicional Missa dos Quilombos.

Josevaldo Libório, um dos organizadores da programação do Mês da Consciência Negra, no programa LuizMeloEntrevista (Diário 90,9), na manhã desta segunda-feira, 18, informou que após a Missa dos Quilombos as atividades continuarão no Centro de Cultura Negra, até dia 23, data em que a programação irá para a Casa do Artesão e entorno, com exposição de artes plásticas e trabalhos de empreendedores afros.

Dia 6 de dezembro, quando acontecerá o encerramento do Mês da Consciência Negra, haverá show de música com uma atração nacional. Libório antecipou no programa LuizMeloEntrevista que o artista a se apresentar depende de acerto entre a Seafro e a Fundação Cultural Palmares, estando a escolha entre Jorge Aragão, Dudu Nobre e Grupo Revelação.

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *