Cidades

Moradores do Goiabal interditam trânsito na Duca Serra durante manifestação

O secretário de Transporte do Amapá (Setrap), Benedito Conceição, informou que o governo do estado já tem recurso para pavimentar o ramal, faltando apenas análise do projeto Calha Norte.

Compartilhe:
Imagens Aéreas: Águia Drone e fotos: Joelson Palheta/DA

Railana Pantoja
Da Redação

 

Moradores do bairro Goiabal interditaram o trânsito da rodovia Duca Serra na manhã desta quarta-feira (13) durante manifestação que reivindica asfalto para as vias do bairro. Segundo o presidente da Associação Quilombola do Goiabal, Danielson Nascimento, os moradores estão cansados de aguardar iniciativa pública e decidiram interditar a rodovia para chamar atenção. “Estamos pedindo o asfaltamento do ramal da comunidade quilombola Lagoa dos Índios, estamos às margens da rodovia Duca Serra e há mais de 10 anos existe essa promessa de asfaltamento. A comunidade não aguenta mais poeira, durante o verão, e lama, durante o inverno. A gente não tem transporte público, ambulâncias e viaturas não chegam à comunidade e nem nos bairros próximos. Somos muito prejudicados”, lamentou Danielson Nascimento.

O secretário de Transporte do Amapá (Setrap), Benedito Conceição, informou que o governo do estado já tem recurso para pavimentar o ramal, faltando apenas análise do projeto Calha Norte. “Temos emenda para asfaltar o ramal do Goiabal, que tem cerca de 2,5 Km. A emenda é do senador Lucas Barreto, através do programa Calha Norte, e está em análise. O projeto foi concluído, faltando apenas o técnico dar o parecer favorável para licitação”, respondeu Benedito Conceição, secretário de Transporte do estado.

A líder da bancada federal do Amapá, Aline Gurgel, informou que acionou o diretor do programa, General Ubiratan Poty, para que os trâmites burocráticos sejam acelerados. “Vendo essa manifestação entrei em contato com o general Poty, para mostrar a ele a gravidade do problema e a urgência que temos de liberação desses recursos”, garantiu Aline.

 

Outras vias
O prefeito de Macapá, Antônio Furlan, encaminhou uma equipe da Secretaria de Obras (Semob) para dialogar com os moradores e ver o que é possível fazer nesse momento. Além disso, o gestor anunciou que existe recurso financeiro e projeto para pavimentar quatro vias do bairro. “Temos dois modos de agir para o Goiabal. O primeiro é com as emendas do senador Randolfe Rodrigues, que estão em fase final na Caixa Econômica e servirão para pavimentar quatro vias do bairro. O segundo é com a Codevasf, com articulação do senador Davi, para pavimentar outras vias”, disse o prefeito da capital, Antônio Furlan.

Com a emenda do senador Randolfe será possível colocar bloquete nas ruas Montevidéu, Israel, Nova Aliança e Marrocos. O prefeito anunciou ainda que está tramitando na Câmara de Vereadores de Macapá um pedido de crédito junto à Caixa Econômica no valor de R$ 100 milhões. “Será usado para asfalto, calçamento e sinalização de vias dos bairros periféricos. Já conversei com o presidente e os vereadores da casa e acredito que hoje (13) passa em algumas comissões; na quinta (14) deve ser votada a autorização de empréstimo. A caixa tem esse recurso e a garantia do empréstimo é através de um programa, que fica na responsabilidade da União. Isso vai nos ajudar muito”, finalizou Furlan.

Enquanto a manifestação não era finalizada, os batalhões de trânsito da Polícia Militar do Amapá (PMAP) organizaram desvios para quem estava trafegando no sentido Santana/Macapá.

 

 
Compartilhe:

Tópicos:  

Deixe seu comentário:




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *