Última hora Polícia Política Cidades Esporte
Cidades

Parceria entre Ifap e Prefeitura de Macapá garante ensino de robótica nas escolas municipais

Ifap ofertará qualificação inicial e continuada para professores da rede municipal de ensino trabalharem a robótica em sala de aula.


Railana Pantoja
Da Redação

 

A Prefeitura de Macapá e o Instituto Federal do Amapá firmaram nesta terça (16) um acordo de Cooperação técnica. Com a parceria, será implementado nas escolas municipais da capital, de forma gradativa, o ensino de robótica.

Para o prefeito de Macapá, Antônio Furlan, o acordo possibilita o início de um novo formato de ensino para as crianças. “A parceria é tanto na parte pedagógica, com as crianças, quanto na formação continuada dos nossos professores. Com toda a experiência que o Ifap tem, inclusive através de seus doutores em robótica, com certeza o ensino será transmitido aos nossos alunos e professores”, celebrou o prefeito Antônio Furlan.

Segundo o secretário de educação, Edielson Silva, é importante iniciar o contato com a ciência ainda no ensino fundamental. “A ideia principal é fomentar o ensino de robótica na rede municipal, principalmente tendo como referência a experiência que o Ifap tem, uma instituição com bastante participação em competições. O Instituto tem alguns projetos e através disso vai nos auxiliar com atividades educacionais nas escolas. A gente tem a crença de que a pesquisa se faz somente no ensino superior, o que queremos é desconstruir essa perspectiva e trazer a ciência para nossas crianças nas escolas”, avaliou Edielson Silva.

A reitora da instituição, Marialva Almeida, explica como funcionará a parceria e de que forma o Ifap contribuirá com a educação de Macapá. “Ofertaremos cursos de formação inicial e continuada na área de xadrez e robótica, visando algo que é uma expertise da instituição: dar qualificação profissional. Quando pensamos no ensino de robótica pra crianças, precisamos pensar no corpo docente que vai trabalhar com esse aluno. Então, precisamos qualificar esse professor. A robótica pode auxiliar na aprendizagem desde a alfabetização até o fim do ensino médio”, finalizou a reitora.

 

 

 

 

 


Comente